Ouvindo...

Times

Gabigol marca, Flamengo goleia o Vasco por 6 a 1 e segue no G4 do Brasileiro

Rubro-Negro sai atrás do marcador, mas constrói a goleada ainda no primeiro tempo com bonitos gols; Gabigol volta a marcar pelo Fla

Em tarde de golaços, melhor para o Flamengo que massacrou o Vasco, neste domingo (2), pela sétima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, por 6 a 1. Destaque para os belos gols de Everton Cebolinha e David Luiz, para o Fla, e de Vegetti para o Cruzmaltino. Pedro, Arrascaeta e Bruno Henrique marcaram os outros gols do jogo.

Ainda teve tempo para Gabigol voltar a marcar com a camisa do Flamengo, no último lance da partida. Foi o primeiro gol do camisa 99 desde a sua punição.

Com o resultado, o Rubro-Negro segue no G4 do Campeonato Brasileiro com 14 pontos. O Vasco, por sua vez, com seis pontos, está na parte de baixo da tabela, colado na zona de rebaixamento após sete jogos.

Leia também

Estreia para esquecer

Se nos primeiros minutos de jogo, o Vasco parecia que teria uma nova cara com o técnico Álvaro Pacheco, a estreia foi para esquecer. Com a goleada sofrida para o arquirrival, o portuguêsjá deve ter entendido que terá muito trabalho para melhorar essa equipe vascaína.

Pintura de Vegetti

Vasco e Flamengo iniciaram o jogo a mil por hora, incendiando a torcida que lotou o Maracanã. Mas quem colocou fogo na partida foi Vegetti, com uma pintura, logo aos oito minutos de partida.

Depois da cobrança de lateral, David Luiz afastou de cabeça e Galdames recolocou a bola na área para a obra de arte de Vegetti. Sem deixar a bola cair, de primeira, acertou um lindo voleio colocando o Vasco em vantagem.

Foi o quarto gol do argentino no Brasileirão, se isolando na ponta como o goleador máximo da competição. Lembrando que ele perdeu um pênalti diante do Criciúma.

Empate do Fla

O gol do Vasco além de dar emoção na partida, serviu para tirar do estado letárgico o Flamengo, que parecia que não tinha entendido que o jogo já estava rolando. foi o suficiente para a equipe igualar ações e partir para o jogo.

Na primeira boa chance, Cebolinha aproveitou bobeada de Maicon para igualar a partida. O defensor perdeu a bola na área e Arrascaeta tocou para o camisa 11 fuzilar de primeira. Tudo igual no Maracanã com mais um golaço.

Virada relâmpago

A partir do empate, o Flamengo não cedeu mais espaço para o Vasco e chegou à virada ainda na primeira etapa do duelo. Cebolinha fez fila na área, após escanteio curto, e cruzou para Pedro, na pequena área, empurrar de peito para o fundo do gol.

O gol contou com a colaboração de Léo Jardim, que voou na bola, mas não entrou nada, deixando o artilheiro sozinho para marcar o 21º gol na temporada e seu terceiro no Brasileirão.

Atropelo rubro-negro

E o Flamengo acordou mesmo e praticamente definiu a partida ainda no primeiro tempo. Em escanteio cobrado, David Luiz acertou de primeira para ampliar para o Rubro-Negro. Mais um lindo gol no Maracanã. Festa flamenguista!

Vermelho direto

O que estava ruim para o Vasco ficou ainda pior. No minuto final da etapa inicial, João Victor acertou De La Cruz em um carrinho mais forte. O árbitro Braulio da Silva deu amarelo, mas após revisão na cabine, trocou a decisão e expulsou o defensor cruzmaltino.

Mais um!

Virou passeio no Maracanã. Com muita calma e tranquilidade, o Flamengo foi tocando a bola até encontrar Arrascaeta dentro da área. O uruguaio só teve o trabalho de passar por Léo Jardim e marcar o quarto gol rubro-negro, com cinco minutos do segundo tempo. Goleada construída de vez.

Massacre

O saiu o quinto gol. E a facilidade que saiu impressionou. Arrascaeta saiu conduzindo a bola e passando como queria pelos rivais até encontrar Bruno Henrique na área. De perna direita ele bateu cruzado, sem chances para Léo Jardim. Massacre impiedoso do Flamengo: 5 a 1.

Ele voltou!

O jogo estava tão fácil, que Tite resolveu dar oportunidade para Gabigol. E saiu o seu primeiro gol com a camisa 99, após a punição que ele perdeu a camisa 10. O atacante só aproveitou jogada de Wesley e empurrou para as redes, fechando a vitória por 6 a 1.

Próximos jogos

Com a pausa, devido a Data Fifa, o Vasco só volta a campo no dia 13, no Allianz Parque, em São Paulo, para enfrentar o Palmeiras, às 21h30 (de Brasília). No mesmo dia, no Maracanã, o Flamengo recebe o Grêmio, às 20h (de Brasília)

Vasco 1x6 Flamengo

Vasco

Léo Jardim; João Victor, Léo e Maicon; Pumita (Paulo Henrique), Sforza (Zé Gabriel), Galdames, Payet (Praxedes, depois Victor Luís) e Lucas Piton; Rayan (Rossi) e Vegetti. Técnico: Álvaro Pacheco.

Flamengo

Rossi; Varela (Wesley), Fabrício Bruno, David Luiz e Vinã; Allan (Pulgar), Gerson (Luiz Araújo), Nico de La Cruz e Arrascaeta; Everton Cebolinha (Bruno Henrique) e Pedro (Gabigol). Técnico: Tite.

Gols: Vegetti (Aos 8 min do 1ºT) para o Vasco;
Everton Cebolinha (Aos 27 min do 1ºT), Pedro (Aos 32 min do 1ºT), David Luiz (Aos 42 min do 1ºT), Arrascaeta (5 min do 2ºT) , Bruno Henrique (Aos 27 min do 2ºT) e Gabigol (Aos 43 min do 2ºT) para o Flamengo

Cartão amarelo: Vegetti, Zé Gabriel (VAS)
Cartão vermelho: João Victor, aos 45 minutos do primeiro tempo, do Vasco
Motivo: Jogo pela 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data e hora: 2 de junho de 2024, às 16h (de Brasília)
Renda e público: R$1.300.300,00/58.978 presentes
Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/ MG)
Arbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais