Ouvindo...

Times

Artur Jorge vê ‘muitos erros’ em estreia pelo Botafogo, mas destaca potencial

Treinador português esteve no comando do Glorioso pela primeira vez nesta quinta (11), em Quito, diante da LDU pela Copa Libertadores

A derrota por 1 a 0 para a LDU-EQU marcou a estreia de Artur Jorge no comando do Botafogo. Após a partida pelo Grupo D da Copa Libertadores, o treinador português avaliou a atuação do time no Estádio Casa Blanca, em Quito e explicou a ideia por trás da escalação com Luiz Henrique, Jeffinho, Júnior Santos e Tiquinho Soares, juntos, desde o início.

“Aquilo que procuramos depois de algum tempo de trabalho, que não foi muito, foi trazer uma ideia de jogo que trouxesse uma característica que nós, enquanto comissão técnica, pretendemos implementar no Botafogo. A verdade é que nós jogando com dois atacantes mais fixos e dois atacantes mais nos corredores, procuramos criar condições de ter uma equipe mais ofensiva, que possa procurar com mais critério o gol do adversário”, afirmou Artur Jorge.

O treinador, contudo, foi direto ao ver uma “equipe com muitos erros”, destacando a falha defensiva no gol que definiu a partida, de Alzugaray, ao quatro minutos do primeiro tempo.

“Acho que foi mesmo na questão do critério que falhamos no primeiro tempo, fomos uma equipe com muitos erros. Uma equipe que sofre um gol em um arremesso lateral, nesse nível de competição, desta forma, não é aceitável”, avaliou.

A situação do Botafogo no Grupo D, agora, é complicada. Após duas rodadas, a equipe carioca está na lanterna da chave, com zero ponto. Junior Barranquilla, da Colômbia, e Universitario, do Peru, somam quatro pontos e ocupam as primeiras posições. A LDU, com a vitória em casa, somou os três primeiros pontos no torneio.

Leia também

Iniciando seu trabalho no Glorioso, Artur Jorge destacou o potencial do elenco à disposição. O próximo compromisso do Botafogo é pelo Brasileirão, contra o Cruzeiro, neste domingo (14).

“Satisfeito com aquilo com aquilo que os jogadores fizeram. Satisfeito com a entrega e o empenho, satisfeito com aquilo que procuraram desempenhar como missão, mas o que define o desempenho é o resultado, eu e os jogadores sabemos disso. Sabemos que fizemos algumas coisas erradas que são muito castigadoras a esse nível, mas temos que ver o que fizemos de bom para poder potencializar. Sobre o desempenho estou muito satisfeito porque acredito nos atletas. Acredito que podemos fazer muito melhor. Foi um resultado negativo, mas é uma equipe vai procurar fazer melhor”, completou.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais