Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Botafogo: opção de Lage em deixar Tiquinho Soares no banco surpreendeu elenco

Principal destaque do Alvinegro, o camisa 9 saiu do banco para marcar o gol de empate contra o Goiás

A ausência de Tiquinho Soares entre os titulares contra o Goiás, em partida do Brasileirão, não foi uma surpresa apenas para os torcedores e opinião pública na noite de segunda (2), uma hora antes da bola rolar no Nilton Santos. A opção de Bruno Lage em deixar o artilheiro no banco de reservas foi uma surpresa para o elenco. Após entrar no intervalo, o camisa 9 marcou o gol e garantiu o empate em 1 a 1.

O Botafogo teve a semana inteira livre para trabalhar visando o jogo da 26ª rodada. Neste período, Lage testou uma série de formações - tanto no ataque quanto no setor ofensivo. No ataque, todas as alternativas contaram com Tiquinho Soares. Como de costume, o treinador só informou o time titular no dia da partida ao grupo. Não houve conversa particular com Tiquinho Soares, e a surpresa foi geral.

Com a bola rolando, o Botafogo iniciou o jogo com Diego Costa como referência no ataque, com Júnior Santos e Victor Sá abertos. O Goiás abriu o placar no primeiro tempo e, no intervalo, Tiquinho Soares foi acionado por Lage. Aos cinco minutos, marcou um golaço e garantiu o empate - resultado frustrante para o líder do Campeonato Brasileiro, que chega a quatro rodadas sem vencer na Série A.

Após a partida, Lage justificou a escolha. “Na minha opinião, nos últimos jogos não foi aquele Tiquinho que a gente via até o momento da lesão. Tendo um jogador como o Diego, tomamos a opção de colocar o Diego na frente. Mas sempre com esta opção de jogar os dois juntos. Nada de retirar mérito de Tiquinho, foi uma questão de opção”, explicou o técnico em entrevista coletiva - veja na íntegra.

Tiquinho Soares, por sua vez, evitou o assunto na saída de campo, garantindo estar “bem fisicamente”.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais