Ouvindo...

Times

Sem reforços no Bahia, presidente justifica: “O Grupo City é muito discreto’

Segundo Emerson Ferretti, o Grupo City pretende investir R$ 320 milhões no time baiano em 2024; Esquadrão, no entanto, ainda não anunciou reforços

Apesar da movimentação de mercado publicamente ínfima desde o final do Campeonato Brasileiro, o Bahia tem, nos bastidores, se movimentado. É o que garante o presidente do clube, Emerson Ferretti. Eleito para assumir o clube pelos próximos três anos, o mandatário tricolor justificou que o Grupo City, responsável pela gestão do futebol, é “muito discreto” nas aquisições.

“O Grupo City tem como política de trabalho muita descrição na sua comunicação. É um modelo de trabalhar que não fica o tempo todo comunicando o que está fazendo ou justificando, o que deixa até o torcedor apreensivo. Estamos acostumados aqui no Brasil toda hora alguém do clube se manifestando, até pela exigência da imprensa especializada, pela exigência da torcida que quer respostas, contratações, quer respostas depois de uma derrota”, afirmou à Itatiaia.

“O Grupo City não faz dessa forma, são muito discretos no trabalho, mas o certo é que os ajustes necessários para termos um 2024 no futebol mais feliz, com resultados esportivos melhores, vão ser feitos. O clube vai ser fortalecido, a estrutura fortalecida, mas a comunicação disso que é realmente bastante discreta. Eles fazem questão de não fazer isso a não ser quando acontecem realmente as finalizações de negócio, tanto em contratação quanto de outras frentes de trabalho”, acrescentou Ferretti.

Ao todo, pelo menos 25 jogadores que terminaram o Brasileirão, garantindo a permanência na elite nacional na última rodada, seguirão no Bahia. O técnico Rogério Ceni tem garantido no grupo três goleiros, quatro zagueiros, cinco laterais, dois volantes, quatro meias e seis atacantes.

Segundo Emerson Ferretti, o Grupo City pretende investir R$ 320 milhões no time baiano em 2024. Na temporada 2023, o Esquadrão gastou mais de R$ 100 milhões em contratações, segundo a Pluri Consultoria. O clube terminou a Série A em 16º lugar, escapando do rebaixamento na última rodada.

“Existe um valor para investimento em estrutura para dar ainda mais qualidade no trabalho realizado. Logicamente, este ano de 2023 foi de ajuste, ano que fechou realmente o negócio e as expectativas criadas foram muito altas pela chegada do City, mas os resultados não acompanharam as expectativas. E, logicamente, que por conta de um choque cultural. Eles chegaram no Brasil e precisam conhecer bem o que é a cultura do futebol brasileiro para poder entender. Depois desse primeiro ano, ajustes vão ser feitos, estão sendo feitos internamente”, garantiu Emerson Ferretti.

Os jogadores do Bahia com contrato para seguir em 2024

Goleiros

Zagueiros

  • Gabriel Xavier (2026)
  • Kanu (2027)
  • Vitor Hugo (2026)
  • Marcos Victor (2027)

Laterais

  • André (2027)
  • Caio Roque (2025)
  • Gilberto (2026)
  • Ryan (2025)
  • Matheus Bahia (2026)
  • Cicinho (2024)

Volantes

  • Rezende (2025)
  • Yago Felipe (2025)

Meias

  • Diego Rosa (2027)
  • Léo Cittadini (2025)
  • Cauly (2026)
  • Thaciano (2025)

Atacantes

  • Biel (2028)
  • Luciano Juba (2027)
  • Rafael Ratão (2026)
  • Ademir (2025)
  • Everaldo (2025)
  • Vitor Jacaré (2024)
Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Leia mais