Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Hulk explica como voltou a ser capitão do Atlético e faz reflexão sobre disciplina

Braçadeira de capitão está de volta ao braço do camisa 7 do Galo, que falou sobre o comportamento recente em campo

Desde o começo da temporada 2024, Hulk voltou a ser capitão do Atlético. O camisa 7 assumiu a braçadeira ainda em 2023, mas pediu para deixar a função em meio a diversos problemas com a arbitragem.

Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (24), o jogador falou que rebebia muitas advertências por “discordância”, e não por reclamações propriamente ditas. Por outro lado, Hulk explicou como foi o processo para voltar a ser capitão da equipe.

“Tem coisas na vida que você não vai entender, mas tem que aceitar e se adaptar. Naquele momento, resolvi não usar mais a faixa de capitão, pedi um tempo ao Felipão e à diretoria. No retorno para 2024, o próprio Felipão, com o pessoal da diretoria, o Réver também no dia a dia, falaram que era importante eu voltar a usar a faixa de capitão”, analisou.

Leia também

Hulk ressaltou que, por mais importante que seja a função de capitão, esse posto não era algo que ele fazia questão porque não acredita em diferenciação no respeito dentro de campo. Mesmo assim, ele aceitou o desafio novamente e refletiu sobre o comportamento em campo.

“Claro que tem uma importância muito grande em ser o capitão, é a responsabilidade do treinador dentro de campo. Eu agradeci a confiança, voltei a usar e vou procurar focar para não tomar cartão ‘besta’ e não tenho tomado cartão por reclamação”, completou.

Neste ano, Hulk recebeu dois cartões amarelos em seis jogos. Um contra o Athletic, por conta de uma falta cometida, e outro no clássico com o Cruzeiro, quando cobrou da arbitragem que o rival fizesse uma substituição mais rápido.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais