Ouvindo...

Times

Recusa de bafômetro e mais: saiba detalhes da prisão de Justin Timberlake por dirigir bêbado

Timberlake, 43, foi preso e indiciado por dirigir embriagado; em entrevista ao Observer Music Monthly, cantor disse que às vezes ficava “completamente embriagado”

Após ser preso por dirigir embriagado na região dos Hamptons, em Nova York, nos Estados Unidos, detalhes do boletim de ocorrência da prisão de Justin Timberlake estão vindo a tona. O cantor foi detido nessa segunda-feira (17) e se recusou a fazer o teste do bafômetro quando a polícia o parou em Sag Harbor, NY.

Fontes disseram ao site Page Six, que o cantor “egoísta” estava no American Hotel “com um monte de amigos” na noite de segunda-feira (17) e “havia policiais estacionados do lado de fora de onde ele estava jantando. Depois que Timberlake saiu, fomos informados de que os policiais “retiraram-se e o pararam por uma infração de trânsito”.

“Seus amigos diziam à polícia: ‘Deixe-o ir, deixe-o ir’”, disse uma pessoa que estava no local. Ela ainda afirmou, que a estrela do pop fez um teste de sobriedade, mas “recusou” o teste do bafômetro.

Segundo as informações do site, o policial era jovem e não sabia quem era Timberlake. “Ele não reconheceu ele nem seu nome”, disse a testemunha.

Uma segunda fonte acrescenta: “Justin disse baixinho: ‘Isso vai arruinar a turnê.’ O policial respondeu: ‘Que passeio?’ Justin disse: ‘A turnê mundial’”.

Um oficial do Departamento de Polícia de Sag Harbor Village o descreveu como “incapaz de dividir a atenção”, acrescentando “ele tinha fala lenta, estava instável e teve um desempenho ruim em todos os testes padronizados de sobriedade”.

Timberlake também rejeitou um teste químico três vezes, na primeira vez dizendo: “Não, não estou fazendo um teste químico”.

O artista foi detido na noite dessa segunda-feira, (17), por dirigir embriagado, ultrapassar o semáforo vermelho e não conseguir manter sua BMW 2025 dentro da faixa. Timberlake foi liberado e teve audiência de custódia agendada para 26 de julho.

O incidente ocorreu em meio à turnê de seu álbum mais recente, “Everything I Thought It Was”. Se condenado, o cantor pode cumprir até um ano de prisão, ter a carteira de habilitação suspensa e pagar multa de até US$ 2,5 mil (R$ 13,5 mil).

Timberlake foi visto saindo da delegacia na manhã dessa terça-feira (18). O ex-membro do NSYNC não se pronunciou sobre o ocorrido.

No fim de semana, o artista escreveu uma homenagem aos seus dois filhos e compartilhou seus planos para o Dia dos Pais em uma postagem no Instagram.

“Meus 2 maiores presentes. Aprendo mais sobre mim todos os dias só porque vocês dois me escolheram para ser seu pai. Eu sempre estarei ao seu lado em todos os seus picos e vales... para te levantar e mostrar o quão alto você pode levar esta vida e para te levantar quando você cair. E, claro, inundá-lo com piadas insuportáveis sobre o pai ao longo do caminho. Eu amo muito vocês dois. Obrigado por me dar meu maior propósito”, escreveu Timberlake. “Agora... por hoje: vamos jogar um jogo onde todos nós apenas relaxamos e deixamos o papai assistir à rodada final do Aberto dos Estados Unidos.”

Timberlake, 43, é casado com a produtora e atriz Jessica Biel. O casal se casou em 2012 e é pai de Silas, 9, e Phineas, 3.

Em uma entrevista de 2014 com Oprah Winfrey, Timberlake compartilhou que “bebeu uma garrafa inteira de uísque” em determinado momento. Em 2006, ele disse ao Observer Music Monthly que às vezes ficava “completamente embriagado”.

“Já usei muitas drogas e fui pego em lugares com as calças abaixadas. Só me certifico de que não há câmeras por perto”, admitiu (por “Today”).

Timberlake está atualmente no meio de sua turnê mundial Forget Tomorrow. Ele tem dois shows marcados para sexta e sábado no United Center, em Chicago.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e na Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia e apresenta o ‘Tá Sabendo’ no Instagram da Itatiaia.
Leia mais