Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ex-segurança revela o que motivou cirurgias plásticas de Michael Jackson

Durante entrevista a um podcast, Matt Fiddes falou sobre primeira operação que o ex-chefe fez no nariz

Ex-segurança do cantor Michael Jackson, Matt Fiddes revelou o que motivou a primeira cirurgia plástica feita pelo artista no nariz. Funcionário do artista por mais de 10 anos, ele relembrou o acidente que antecedeu a operação em entrevista ao podcast The Steven Sulley Study.

A primeira cirurgia de Michael Jackson foi feita em 1979 e o procedimento sempre foi relacionado a críticas feitas pelo pai e empresário dele, Joe Jackson, e dos familiares. “O pai dele costumava falar, você não pegou isso de mim, pegou da sua mãe. E isso o machucava muito”, contou Fiddes.

Leia também

Os comentários, no entanto, não foram o estopim para a mudança. “Michael dançava por mais ou menos três horas por dia. Em certo ponto ele fez 50 piruetas de uma vez. Era inacreditável. E ele caiu e quebrou o nariz. Ele viu isso como a oportunidade perfeita”, relembrou.

“Enquanto ele estava sob efeito de anestésicos, ele deixou o nariz menor”, detalhou. “Não sei quantas operações ele fez, não entramos nessa discussão. Naquela época, não podíamos falar sobre cirurgias plásticas, botox... então ele precisava manter a imagem”, continuou o ex-segurança de Michael.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais