Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Ele seria muito mais feliz se eu não fosse a Carolina Dieckmann’, revela atriz sobre o marido

Artista é casada com Tiago Worcman, com quem se relaciona há mais de 20 anos, fez revelação sobre relação com a fama

Carolina Dieckmann revelou que o marido, Tiago Worcman, seria “mais feliz” se ela não fosse famosa. Convidada do “Desculpa Alguma Coisa”, de Tati Bernardi, a atriz relembrou o início do relacionamento que soma mais de 20 anos e falou da relação com a fama.

Início do relacionamento

A atriz e Tiago se conheciam da escola, mas se reconectaram anos depois, quando ela se separou do também ator Marcos Frota. “Eu já era famosa na escola, porque quando eu tinha 13 anos eu já fazia a Açucena. Ele c*gava na minha cabeça, baldes”, afirmou relembrando a personagem de “Tropicaliente”.

Os dois se reencontraram pela primeira vez em um aniversário da apresentadora Regina Cazé. “Eu não via ele há anos e ele falou, ‘Carolina, me responde uma coisa. É verdade que eu era seu amor platônico da infância?’. Eu nunca tinha ouvido ele falar meu nome. E eu falei: 'é'. Na frente de todo mundo”, relembrou.

Quando o casamento com Marcos Frota chegou ao fim, a artista disse que convidou uma amiga e Tiago para sair. “Ele falou que não ia tomar chopp com a gente, porque eu era famosa e ele não queria ser visto num lugar público. [...] Cheguei na casa dele, ele tinha feito massa pra mim, estava com um copo de vinho. Nunca mais eu saí".

Leia também

Relação com a fama

Carolina Dieckmann e Tiago Worcman estão juntos há mais de 20 anos e casados há 16 anos. Os dois são pais de José Worcman, de 16 anos, e ela também é mãe de Davi Frota, de 24, fruto do casamento com Marcos Frota, que durou entre 1997 e 2004.

A artista revelou que o atual marido, diretor de televisão, não é muito afeito à fama. “Ele seria muito mais feliz se eu não fosse a Carolina Dieckmann. Eu não acho, tenho certeza. O Tiago odeia tudo isso. Odeia fama. Ele já passou por barra pesadíssima comigo por causa disso”, afirmou.

“O episódio das fotos [vazadas], que depois virou a lei, o ‘Pânico’. Tudo ele estava comigo”, acrescentou a artista, relembrando o caso de vazamento de fotos íntimas, em 2011, que acabou inspirando a Lei Carolina Dieckmann. O outro ocorrido foi uma perseguição do programa humorístico “Pânico na TV”.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais