Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Paul McCartney em BH: idosos reclamam da falta de fila preferencial

Desde cedo aguardando a abertura dos portões, fã da terceira idade relata que ficou em pé a maior parte do tempo

O ex-Beatle Paul McCartney realiza o primeiro show da “Got Back Tour” em Belo Horizonte às 20h deste domingo (3), na Arena MRV. Desde cedo aguardando a abertura dos portões, os fãs idosos reclamaram da falta de uma fila preferencial.

Luísa Silva, de 67 anos, veio diretamente de Salvador para curtir o show do ídolo pela primeira vez. Desde às 13h na fila, a idosa conta que ficou a maior parte do tempo em pé.

“O problema é que não tinha fila para prioritários. Os idosos também tem voz e vez. Não existir é um absurdo. Como que você vem em um show desse, que tem duas, até três gerações, e não tem fila para prioritários? A gente lutou e conseguiu. Foi uma luta dos idosos para conseguir isso. Queriam que a gente desistisse. Imagina, a gente em pé aqui na fila, em um calor desse”, desabafa.

Apesar da dificuldade, a baiana não esconde a felicidade em ver o cantor. “Eu sou fã desde os meus 20 anos. Eu sempre gostei dos Beatles, dos ingleses, morei na Inglaterra por um tempo. Eu acho ele maravilhoso, tudo o que ele representou para a sociedade, para uma geração inteira. Principalmente os valores, as músicas, a musicalidade. Tanto é que tem gente de todas as idades aqui”, disse.

Natasha Werneck é jornalista formada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). Foi repórter de Política e Cultura do Jornal Estado de Minas e já atuou em portais como Hugo Gloss e POPline. Foi estagiária da Itatiaia e retornou à empresa em 2023, como repórter de Entretenimento.
Fernanda Rodrigues é repórter da Itatiaia. Graduada em Jornalismo e Relações Internacionais, cobre principalmente Brasil e Mundo.
Leia mais