Ouça a rádio

Compartilhe

Policial penal morre após atirar acidentalmente na própria perna em Governador Valadares

De acordo com a Sejusp, Ronaldo de Oliveira Barrozo era lotado no presídio de Guanhães

O policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu e veio a óbito no hospital

Um policial penal, de 47 anos, lotado no presídio de Guanhães, morreu após atingir a própria perna com um tiro em uma festa junina em Governador Valadares, na região Leste de Minas Gerais, no último domingo (31).

Ronaldo de Oliveira Barrozo teria disparado acidentalmente no momento em que ajeitava a arma na cintura. Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não sobreviveu após perder muito sangue. Militares e policiais civis estiveram no local.

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) explicou que “o Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) teve ciência dos fatos logo após o ocorrido”.

Além disso, conforme a pasta, a ocorrência foi registrada fora do horário de serviço do policial. “A Diretoria Regional do Depen-MG na 8ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp) acompanha o caso e tem prestado toda ajuda necessária à família do policial penal. O servidor era lotado no Presídio de Guanhães”, destacou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store