Ouça a rádio

Compartilhe

Pacientes graves são transferidos da Santa Casa para os hospitais João XXIII e São Lucas

Secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, esteve no local e valorizou trabalho dos bombeiros

Trânsito foi totalmente bloqueado para combate ao incêndio e amparo aos pacientes

Cerca de 50 pacientes que estavam internados em estado grave na Santa Casa de Belo Horizonte precisaram ser transferidos após um incêndio atingir o 10º andar do prédio na noite desta segunda-feira (27). Treze deles foram levados ao Hospital João XXIII, também na Área Hospitalar da capital - o hospital São Lucas, em frente à Santa Casa, recebeu os outros 35 pacientes, segundo informou o diretor-jurídico da unidade atingida, João Costa. Três bebês internados na UTI neonatal foram levados à Maternidade Odete Valadares.

Informações apontam que apenas uma pessoa foi afetada pelo incêndio. Ela teria sofrido insuficiência respiratória, mas foi atendida ainda na Santa Casa e não corre risco.

Poucas depois que as chamas foram controladas pelo Corpo de Bombeiros, o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, chegou ao local. Ele confirmou a transferência dos pacientes, e tranquilizou quanto à situação de momento.

"Conseguimos fazer essa contingência no João XXIII, mas graças a deus nenhuma vítima relacionada ao incêndio. A Santa Casa é o maior hospital do Estado, mais de mil leitos, e ter um caso desses aqui dentro é de um grande fluxo de pacientes graves, ainda bem que o João XXIII é tão próximo e tem uma capacidade de atendimento de catástrofe", detalhou Baccheretti.

O secretário ainda afirmou que vai trabalhar, em conjunto com a Santa Casa e o Corpo de Bombeiros, para que casos semelhantes não se repitam.

"A gente tem casos recentes de mortes relacionadas a incêndios, mas graças a Deus tivemos uma resposta rápida dos brigadistas e do Corpo de Bombeiros. Obviamente, temos que ajudar para que não aconteça de novo", afirmou.

Transferências

Em nota na noite de segunda-feira (27), a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) confirmou que o Hospital João XXIII recebeu treze pacientes da Santa Casa de Misericórdia. Três pacientes da UTI neonatal foram levados à Maternidade Odete Valadares e cinco gestantes deram entrada na unidade. Ainda segundo a Fundação, que administra essas unidades de saúde, o João XXIII chegou a acionar um plano de contingência “para receber os pacientes que necessitavam de transferência em função da interdição de parte do hospital (Santa Casa)”, declarou. 

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store