Ouça a rádio

Compartilhe

Convênio entre Governo de Minas e prefeitura de Nova Lima vai pavimentar trecho da MG-437

Parceria prevê quase R$ 41 milhões em investimentos, com início das obras ainda em 2022

Serão somados investimentos da prefeitura de Nova Lima e do executivo estadual

Um convênio firmado entre o Governo de Minas e a prefeitura de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai viabilizar a pavimentação de cerca de 12 Km da MG-437, que liga a cidade até Sabará, também na Grande BH. O acordo foi formalizado nesta quarta-feira (1).

A previsão é de R$15,5 milhões investidos pelo executivo estadual, somados a R$ 25,4 milhões da prefeitura de Nova Lima, totalizando R$ 40,9 milhões aplicados na obra. Com a assinatura do convênio, pode ser feito o processo licitatório para a contratação de mão de obra.

A ideia é que a estrada, atualmente de terra, facilite o acesso entre as duas cidades sem que os motoristas tenham que passar pelo Centro de Belo Horizonte. Quem sair de Nova Lima, por exemplo, poderá acessar por uma única rota a região Leste da capital sem passar pelo Centro da cidade. E também para acesso direto a BR-381 e região Leste do Estado e Espírito Santo. O mesmo vale para quem vem de Sabará e deseja acessar a saída para o Rio de Janeiro.

Para o governador Romeu Zema (Novo), o projeto é mais um passo para eliminar o "cemitério de obras" em Minas. "Quero agradecer aos prefeitos, porque o Estado não tem condição de assumir todas as obras. Então temos trabalhado, nesse caso, com as prefeituras de Nova Lima e Sabará. A obra vai trazer um benefício grande, inclusive para Belo Horizonte. Quando a rodovia estiver asfaltada, vamos ter a noção de quantos carros deixarão de passar pelo Centro de BH", afirmou.

"É uma estrada que atende Sabará, Nova Lima, Rio Acima, Raposos, Caeté, e atende Belo Horizonte. Deslocamentos entre regiões de BH não vão exigir que o motorista atravesse a cidade, para que ele passe por fora. É uma vitória, vai ser muito bom passar no asfalto", celebrou o deputado estadual João Vítor Xavier (Cidadania).

A previsão é que as obras comecem já neste ano, e comecem a ser entregues até o fim de 2023.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido