Ouça a rádio

Compartilhe

 Clínicas que abrigavam idosos e pessoas com transtornos mentais são fechadas na Grande BH

Pacientes tomavam banho frio na parte externa da casa e outros ficavam até quatro dias sem fraldas geriátricas 

Clínica foi denunciada ocorrência de mortes

Duas clínicas que abrigavam idosos e pessoas com transtornos mentais foram fechadas suspeitas de maus tratos, em Esmeralda, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 70 pacientes ficaram sob responsabilidade da administração municipal. As informações foram divulgadas nessa segunda-feira (30). 

A ação faz parte da operação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) chamada  “Eu me importo”. As investigações se iniciaram após denúncias anônimas de que pacientes com transtornos mentais e idosos dividiam o mesmo espaço, com péssima alimentação e condições de higiene precárias. 

De acordo com o MPMG, alguns pacientes tomavam banho frio na parte externa da casa, outros ficavam até quatro dias sem fraldas geriátricas e muitos estavam machucados e com escaras. 

Além disso, foi denunciada ocorrência de mortes, possivelmente, motivadas pela ausência dos cuidados mínimos necessários.  

A operação cumpriu dois mandados de prisão preventiva, dois mandados de busca nos locais em que as clínicas estão sediadas, com apreensão de documentos, celulares e computadores. 

Segundo o MPMG, o município de Esmeraldas deve se responsabilizar pela remoção dos pacientes para outras clínicas regulares ou para os núcleos familiares.  

“A operação ainda está em andamento e apura a prática dos crimes de maus-tratos, tortura, apropriação indébita, homicídio e crimes previstos no Estatuto do Idoso”, informou o órgão. 

A ação foi deflagrada pela 1ª Promotoria de Justiça de Esmeraldas, com apoio dos Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais (Caocrim) e de Promoção dos Direitos dos Idosos e das Pessoas com Deficiência (CAO-IPCD), em conjunto com a Polícia Civil de Minas Gerais.  

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido