Ouvindo...

Times

Veja quem é Marcinho VP, um dos chefes do Comando Vermelho em Minas preso em Trancoso

Marcinho VP mineiro não é o mesmo criminoso pai do rapper Oruam

Um criminoso de extrema periculosidade, foragido da Justiça há anos e apontado pela polícia como número dois do Comando Vermelho em Minas Gerais. Este é Márcio Tadeu Lopes Coelho, conhecido como ‘Marcinho VP’ mineiro, de 39 anos, preso nesta semana no Sul da Bahia.

Márcio Tadeu tem o mesmo apelido de Márcio dos Santos Nepomuceno, 54 anos, nascido na favela de Vigário Geral, zona norte do Rio, apontado com um dos dois principais chefes do Comando Vermelho no Brasil. O ‘Marcinho VP’ do Rio é pai do rapper Oruam, e está preso há 26 anos.

O ‘novo’ Marcinho VP foi preso na noite da última terça-feira (21), na paradisíaca Trancoso, distrito de Porto Seguro, no Sul da Bahia, na ‘Operação Camaleón’, deflagrada por uma ação coordenada dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) da Bahia e Minas Gerais. Ele é natural de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, terra de ‘Andinha’, vulgo Bala, criminoso apontado com número 1 do CV em Minas. Conforme apuração da Itatiaia, os dois bandidos estiveram juntos em Trancoso recentemente.

Leia também

Ainda conforme apuração da Itatiaia, ‘Marcinho VP’ tinha forte atuação no Morro das Pedras, favela da região Oeste de Belo Horizonte. Ele chegou à comunidade em 2000, juntos com outros criminosos, a mando de Nem Sem Terra, traficante morto recentemente em Minas. No entanto, houve uma ruptura e os dois viraram inimigos. Inclusive, conforme fontes, a Polícia Civil investiga se Marcinho VP teve participação no assassinato de Nem Sem Terra.

As primeiras informações sobre o paradeiro de Marcinho VP foram levantadas GEPAR justamente no Morro das Pedras.

Marcinho VP era um dos criminosos mais procurados de Minas e estava com dois mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de diversas passagens policiais. Segundo a Polícia Civil da Bahia, Marcinho VP também exercia grande influência na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Repórter policial e investigativo, apresentador do Itatiaia Patrulha.
Leia mais