Ouvindo...

Times

Como refrescar seu pet? veja dicas para cuidar dos cachorros e gatos na onda de calor

Animais ficam mais ofegantes nos dias quentes; passeios durante o dia podem queimar ‘patinhas’

Assim como nós, os ‘pets’ também precisam de alguns cuidados especiais na onda de calor que atinge o Brasil, sobretudo nas regiões sudeste e centro-oeste. Veja algumas dicas para refrescar os cachorros e gatos nos dias de altas temperaturas.

Nos dias mais quentes, as pessoas transpiram mais. O corpo humano aumenta a produção de suor para manter a temperatura adequada.

Os cachorros e gatos não transpiram como os humanos para a regulação da temperatura corporal. “Eles trocam calor por meio da respiração e por isso ficam mais ofegantes em dias quentes”, explicou o professor de Medicina Veterinária, Guilherme Henrique Costa.

Dicas para cuidar do seu ‘pet’

Além do calor perdido na respiração, os animais perdem água no corpo, o que pode causar desidratação. Por isso, o especialista alerta para a importância de reforçar a hidratação e incentivar o consumo de água dos cachorros e gatos.

“Dê água sempre fresca, coloque cubos de gelo nas vasilhas. Para os gatos, recomenda-se fontes de água (o bebedouro) e oferecer ração úmida”, recomendou Costa. Manter o ambiente mais arejado também ajuda reduzir o calor dos animais.

Outra dica super importante é evitar passear com os ‘pets’ nas horas mais quentes do dia. A exposição ao sol pode causar uma predisposição para o câncer de pele. Além disso, a incidência dos raios solares faz com que o solo fique muito mais quente e “em contato com os coxins, as famosas ‘almofadinhas’ nas patas podem causar queimaduras graves” explicou o professor de Medicina Veterinária.

Também recomenda-se o uso de protetor solar específico para cachorros e gatos.

E aí, bora cuidar e refrescar seu ‘pet’?

(Sob supervisão de Marina Borges)

Giullia Gurgel é estudante de jornalismo e estagiária da Itatiaia.
Leia mais