Ouvindo...

Times

Vídeo: fortes chuvas causam colapso de passarelas construídas pelo Exército no RS

Segundo o Exército, passarelas em Candelária, no Rio Pardo, e entre Lajeado e Arroio do Meio, no Rio Forqueta, se romperam; estruturas estavam interditadas

Três passarelas provisórias construídas pelo Exército Brasileiro no Rio Grande do Sul se romperam com a força da enxurrada nesta quinta-feira (23). Elas estavam instaladas provisoriamente em Candelária, no Rio Pardo, e entre Lajeado e Arroio do Meio, no Rio Forqueta. Conforme o Exército, ninguém se feriu. Devido ao risco do aumento da correnteza, elas haviam sido interditadas horas antes.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostravam duas pontes no Rio Forqueta sendo levadas pela água.

Em comunicado, o Exército apontou que duas estruturas no Rio Forqueta colapsaram durante a tarde “em decorrência das fortes chuvas e do aumento expressivo da correnteza”. Quando a primeira colapsou, “levou a segunda passadeira que estava abaixo”.

A força destacou que ninguém ficou ferido e que o Comando Conjunto da Operação Taquari 2 “está providenciando outra passadeira para o local”, que será instalada assim que as condições climáticas permitirem.

Já no início da noite, o Exército informou que uma terceira passarela, dessa vez em Candelária, também não suportou a pressão da água e foi destruída pela correnteza. “Parte do equipamento se rompeu enquanto os militares realizavam sua desmontagem”, diz a nota. Esta passarela também estava interditada desde a tarde.

Leia também

Chuvas no RS

Desde o final de abril, 469 municípios foram afetados pelo grande volume de chuvas no estado.

Até o momento,163 pessoas morreram, 806 ficaram feridas e 64 continuam desaparecidas. Continuam em abrigos 65.762 pessoas, 581.643 estão desalojadas e, no total, 2.342.460 foram prejudicados pelas chuvas. Um efetivo de 27.751 agentes resgatou 82.666 pessoas e 12.440 animais, utilizando 4.048 viaturas, 14 aeronaves e 253 embarcações.

Alerta

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de grande perigo para chuvas no estado do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (23). Já na madrugada, havia voltado a chover na cidade, o que deixou a capital gaúcha embaixo d'água novamente.

O volume de chuvas deve ser superior a 60mm/h ou 100mm/dia. Há grande risco de novos alagamentos e transbordamentos de rios, além de deslizamentos de encostas em cidades com áreas de risco.

* Mardélio Couto é enviado especial da Itatiaia no Rio Grande do Sul


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter de política na Rádio Itatiaia. Começou no rádio comunitário aos 14 anos. Graduou-se em jornalismo pela PUC Minas. No rádio, teve passagens pela Alvorada FM, BandNews FM e CBN, no Grupo Globo. No Grupo Bandeirantes, ocupou vários cargos até chegar às funções de âncora e coordenador de redação na BandNews FM BH. Na televisão, participava diariamente da TV Band Minas e do BandNews TV. Vencedor de 8 prêmios de jornalismo. Já foi eleito pelo Portal dos Jornalistas um dos 50 profissionais mais premiados do Brasil.
Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais