Ouvindo...

Times

PF e Gaeco de SP prendem 13 em operação contra quadrilha do ‘novo cangaço’ que recebia armas de CACs

Grupo tinha integrantes do PCC; mandados foram cumpridos em SP, BA, MA e PI

Treze pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (21) em uma operação da Polícia Federal (PF) e do Gaeco de São Paulo contra uma quadrilha do “novo cangaço”, que domina cidades para roubar bancos ou empresas de valores. Segundo a investigação, os principais fornecedores de armas e munições que chegavam para o grupo eram CACs (Colecionadores, Atiradores Desportivos e Caçadores).

Além dos mandados de prisão temporária, também foram cumpridos 24 ordens de busca e apreensão na capital paulista, em Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Piracicaba, Mairinque e Buri, todas em São Paulo, e em Xique-Xique (BA), Timon (MA) e Corrente (PI).

Conforme a PF, a Justiça Federal decretou medidas de bloqueio de contas e sequestro de bens com limite de até R$ 4 milhões de integrantes da quadrilha, que tem membros do Primeiro Comando da Capital (PCC).

A investigação teve início a partir de informações provenientes da tentativa de roubo a uma base de valores ocorrida em abril de 2023, na cidade de Confresa (MT). Na ocasião, vários criminosos foram presos ou mortos no confronto com as forças de segurança, sendo que um deles residia em São Paulo e integrava uma organização criminosa.

Os elementos colhidos na investigação revelaram que essa e outras ações semelhantes foram financiadas por integrantes da organização criminosa que também atuam no tráfico de drogas e na lavagem de capitais.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais