Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Concursos: você sabe estudar? Especialista dá dicas de como fazer um estudo estratégico

O 2024 será marcado por muitos processos seletivos para servidores públicos; estudo estratégico pode ajudar os concurseiros a não se desesperarem nesse momento

Aula online

Medida é devido ao baixo desempenho dos estudantes brasileiros em matemática

Reprodução/ Freepik

Concurso Nacional Unificado (CNU), concurso da Câmara Municipal de Belo Horizonte, concurso da Anvisa... o ano de 2024 promete ser muito agitado para aqueles que querem garantir uma vaga como servidor público. Com a publicação do edital inédito do CNU, que abrange conteúdos muito diferentes dos processos seletivos comuns, muitos candidatos vão ter que realizar um estudo estratégico para conciliar todos as provas que vão prestar neste ano.

Em entrevista à Itatiaia, o professor de cursinhos preparatórios e servidor público, Matheus Miranda, dá cinco dicas para ajudar os concurseiros de plantão a otimizarem os estudos.

1. Estude um pouco todos os dias

Miranda explica que importante que os candidatos estudem de “pouco em pouco” para otimizar o armazenamento de informações do cérebro. “Uma boa analogia é que nosso depósito de informações é um galpão gigantesco, mas temos apenas um entregador para colocar tudo no galpão de forma organizada. Assim, a absorção de novos conteúdos tem que ser diária, mas a quantidade de matéria nova a ser absorvida não deve ser grande. Todo dia absorva um pouco da nova matéria e revise bastante a matéria dos dias anteriores”, esclarece.

2. Estude o conteúdo das aulas no mesmo dia que elas acontecerem

Um ponto importante na rotina dos estudantes que assistem aulas, sejam elas online ou in-loco, é que eles revisem as matérias vistas no mesmo dia em que receberam o conteúdo. Segundo Miranda, escrever no papel as principais informações ajuda o cérebro a entender que as informações são importantes de serem retidas por mais tempo. “Caso contrário, grande parte dos conteúdos da aula que você assistiu simplesmente será descartada em uma noite de sono”, informa.

3. Escolha suas batalhas

Com a grande diversidade de concursos públicos, é importante que os estudantes escolham de forma estratégica quais concursos irão fazer e a quais grades de conteúdo irão se dedicar. "É importante que você escolha uma área finalística e não saia apontando para todas as direções”, aconselha.

4. Faça muitas questões

Uma das formas mais eficazes para a fixação dos conteúdos é o estudo ativo, baseado na resolução de questões; por isso, é importante que os estudantes resolvam o máximo de atividades que puderem antes da prova. “Ao focar em questões anteriores da banca que elaborará o concurso, o aluno acaba pegando ‘o jeito da banca’. É melhor que os candidatos caiam nas pegadinhas das provas enquanto estudam do que no dia da prova”, informa.

5. Tenha uma boa noite de sono

Muitos estudantes costumam compensar os estudos durante a noite, seja porque trabalham durante o dia ou porque rendem mais nesse período. No entanto, Moreira informa que é importante que os candidatos tenham boas noites sono durante a preparação e na noite anterior a prova. "É no momento em que seu cérebro ‘desliga’ que as informações serão direcionadas para sua memória permanente”, explica.

Leia Também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais