Ouvindo...

Times

Pode ir de chinelo no Enem? Veja orientações para a prova

Mais de 4,2 mil participantes do Enem 2023 foram eliminados por não cumprirem as regras da prova; veja qual vestuário é permitido

O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2023) está se aproximando e pode significar uma chance para milhões de brasileiros entrarem no Ensino Superior. De acordo com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) dos mais de 3,9 milhões de inscritos, apenas 4,2 mil participantes foram eliminados da prova.

O instituto afirmou que as eliminações aconteceram por quebra das regras do exame, como portar equipamento eletrônico durante a prova e ausência antes do horário permitido. Por isso, na segunda etapa da prova, alguns estudantes podem ficar com dúvidas sobre quais roupas e acessórios são permitidos na prova.

Guia do Enem 2023

Posso levar lápis e borracha no Enem?

Pode ir de bermuda no Enem?

Saiba em que situações candidatos podem solicitar reaplicação do Enem

Enem 2023: taxa de abstenção no primeiro dia de provas é de 28,1%

Pode ir de chinelo no Enem?

Sim, o edital do Enem 2023 não aponta nenhuma restrição quanto às roupas que podem ser usadas pelos candidatos. Pode ir de qualquer roupa para o Enem, essa escolha fica a critério do estudante.

Há restrições, porém, quanto ao uso de bonés, chapéus e outros. O edital diz que o candidato “não deve portar fora do envelope porta-objetos, fornecido pelo chefe de sala óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares”.

Ou seja, você pode até levar esses itens, mas terá que guardar no envelope ao entrar na sala.


Gabaritos do primeiro dia do Enem

Em parceria com o Chromos, a Itatiaia traz os gabaritos extraoficiais do 1º dia do Enem.

Confira a correção das provas:
Gabarito PROVA AZUL do Enem 2023
Gabarito PROVA BRANCA do Enem 2023
Gabarito PROVA AMARELA do Enem 2023
Gabarito PROVA ROSA do Enem 2023

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais