Ouvindo...

Times

Sêxtuplos: pai diz que um dos bebês teve complicação e pede orações

Crianças nasceram com pesos entre 675g a 1,1kg; bebês devem permanecer internados na UTI neonatal por três meses

O pai dos sêxtuplos Magdiel Costa, de 31 anos, publicou um vídeo nas redes sociais pedindo orações para um dos bebês. Segundo ele, Matteo teve uma complicação e é a criança que apresenta o quadro mais grave. Os bebês estão internados na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (Utin) do São Bernardo Apart Hospital, onde devem permanecer por cerca de três meses.

“Continuem orando mais. Vamos orar também pelo Matteo. Ele teve uma pequena complicação e é o que está em risco mais grave no momento. Vamos orar para que Deus venha abençoar e ele possa logo logo se recuperar”, disse.

  • 📲 Já se inscreveu no canal da Itatiaia no Whatsapp? Clique aqui e receba as principais notícias do dia. 🤳🏼

  • ⚠️ Os grupos e comunidades da Itatiaia serão desativados em breve. Por isso, se inscreva no canal pra ficar sempre atualizado.⚠️

Nascimento

Os sêxtuplos nasceram no domingo (1°), em Colatina, no Espírito Santo. Matteo, Théo, Lucca, Henry, Maytê e Eloá nasceram em 10 minutos, através de uma cesariana. O parto envolveu 32 profissionais entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, anestesistas e pediatras.

As crianças nasceram com pesos entre 675g a 1,1kg. Mas por serem considerados prematuros extremos, eles devem ficar na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (Utin) do São Bernardo Apart Hospital, por cerca de 3 meses.

A mãe Quezia Romualdo, de 29 anos, estava internada desde o dia 5 de setembro aguardando a chegada dos bebês. Por ser uma gestação de risco, Quezia passou quase um mês sendo monitorada diariamente pelos médicos.

Nessa segunda-feira (2), Quezia postou uma foto da primeira visita que fez aos filhos, na UTI, acompanhada do marido. Depois, fez um vídeo mostrando como está o quarto dos sêxtuplos, ainda no cimento e precisando de muitos reparos, e pediu uma ajuda para as pessoas, via PIX, para terminar o cômodo.

Fernanda Rodrigues é repórter da Itatiaia. Graduada em Jornalismo e Relações Internacionais, cobre principalmente Brasil e Mundo.
Leia mais