Ouvindo...

Times

Autoridades cubanas são punidas após premiarem fantasia de Hitler em festa de Halloween

Traje foi considerado o melhor da noite; sete funcionários foram punidos

Sete funcionários cubanos de organizações musicais estatais, que ajudaram a organizar uma festa de Halloween na semana passada, foram punidos por premiar um traje de Adolf Hitler como fantasia vencedora, informaram as autoridades.

O diretor-adjunto da Agência Cubana de Rock foi removido do cargo e outros dois funcionários foram demitidos da organização devido à celebração de Halloween realizada no dia 28 de outubro, em Havana, de acordo com um comunicado divulgado na sexta-feira (3) pelo Instituto Cubano de Música à imprensa.

O diretor da agência e três altos funcionários do instituto de música que eram “responsáveis pela aprovação, avaliação e controle da programação cultural” também enfrentaram medidas disciplinares não especificadas, indicou o comunicado.

Segundo um relatório do Cuba Debate, veículo pró-governo, o traje do líder nazista recebeu o prêmio principal na festa, “com aplausos e ovações”, desencadeando uma tempestade de críticas públicas.

Fechado após o incidente, o centro cultural Maxim Rock, que sediou a festa de Halloween, estava programado para reabrir neste sábado.

AFP
Agence France-Presse é uma agência de notícias francesa, a AFP cobre a atualidade mundial com uma qualidade única de produção multimídia em vídeos, textos, fotos e infográficos em seis línguas.
Leia mais