Ouvindo...

Times

Casagrande defende Paulinho e critica Diniz na Seleção Brasileira: ‘Arrogante e teimoso’

Comentarista criticou a postura do técnico brasileiro após a derrota para a Colômbia e falou sobre o atacante do Atlético

A derrota por 2 a 1, de virada, para a Colômbia, fez com que a Seleção Brasileira sofresse fortes críticas e questionamentos quanto ao trabalho de Fernando Diniz. Em sua coluna no UOL, Casagrande analisou a situação e defendeu o atacante Paulinho, do Atlético, que pouco conseguiu participar do jogo.

“Foi muito mal com alterações equivocadas e demorou para trocar. Quando o Vinicius Jr se machucou, deveria ter mandado a campo o Paulinho, que tem experiência de Seleção Olímpica (foi medalha de ouro em Tóquio) e de futebol europeu por ter jogado no Bayer Leverkusen, além de ser o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Não era o momento para colocar o jovem João Pedro, que ainda está engatinhando no futebol por não ser titular na sua equipe na Inglaterra”, apontou.

Ainda sobre a alteração feita após a lesão de Vinícius Jr, Casagrande defendeu que Diniz também poderia ter promovido a entrada de outro jovem: Endrick, do Palmeiras.

“Não entendi por quê colocou o João Pedro, que não teve culpa alguma de nada, mas não tem experiência. Se fosse para entrar um bem jovem, que fosse o Endrick”, escreveu.

O ex-jogador ainda relembrou que, pela primeira vez na história, a Seleção Brasileira está atrás da Venezuela na tabela das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

“Não venha dizer que não existe mais bobo no futebol, porque existe sim e somos nós [...] Estamos passando vexames atrás de vexames, e Fernando Diaz está completamente perdido.

Situação da Seleção Brasileira

O Brasil não perdia dois jogos em Eliminatórias desde o qualificatório para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, quando teve duas derrotas em 18 jogos. Agora já são duas em cinco jogos. A Colômbia nunca havia vencido o Brasil nas Eliminatórias, e não ganhava o confronto desde 2015.

Pela sexta rodada das Eliminatórias, o Brasil terá na terça-feira (21) o clássico contra a Argentina. O jogo será às 21h30 (de Brasília), no estádio do Maracanã, no Rio. Já a Colômbia visita o Paraguai, também na terça, às 20h (de Brasília).

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Leia mais