Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Atentado contra o Fortaleza: clubes se solidarizam e pedem punição

Jogadores do Leão do Pici ficaram feridos com pedradas e bombas arremessadas pela torcida do Sport, em Recife, após jogo pela Copa do Nordeste

Vários clubes brasileiros publicaram mensagens de solidariedade, na manhã desta quinta-feira (22), à delegação do Fortaleza. Após o jogo na Copa do Nordeste, na Arena Pernambucano, torcedores do Sport atacaram o ônibus do time cearense com bombas e pedras, ferindo seis atletas do Leão do Pici.

Por meio das redes sociais, Vitória, Bahia, Atlético, América-RN, Coritiba, Corinthians, Goiás, Vila Nova-GO, Atlético-GO, Náutico, Grêmio, Internacional, Palmeiras e o próprio Sport se solidarizaram com o Fortaleza.

Nesta quinta-feira (22), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou uma nota de repúdio ao ataque sofrido pelo Fortaleza. Na ocasião, o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, lamentou o episódio e afirmou que a CBF “seguirá implacável na cobrança e nas ações para que todo ato de violência seja varrido do futebol brasileiro”.

A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Penapaf) também repudiou o ataque ao Fortaleza e declarou que a CBF, as federações e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) têm sido “inertes” quanto aos atos de violência.

“Atitudes irracionais praticadas em nome de uma suposta ‘paixão’ por seus clubes seguem agredindo, machucando, matando e manchando a história do esporte”, diz parte da nota da Penapaf.

Fortaleza só jogará com os atletas recuperados

CEO da SAF do Fortaleza, Marcelo Paz disse que o Fortaleza vai brigar para não jogar até que os atletas machucados estejam recuperados, e até que os culpados pelo atentado sejam identificados e presos. Ele admitiu, porém, que precisa de um apoio da CBF para que isso ocorra.

A delegação desembarcou na manhã desta quinta em Fortaleza, com todo o elenco. Os seis jogadores que se feririam e foram hospitalizados viajaram com a delegação. João Ricardo, Dudu, Titi, Lucas Sasha e Britez tiveram escoriações, enquanto o lateral Gonzalo Escobar levou uma pancada na cabeça.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais