Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Flamengo atropela o Maringá e se classifica na Copa do Brasil

Rubro-Negro precisava reverter a desvantagem de dois gols, mas liquidou a fatura com uma histórica goleada por 8 a 2

O Flamengo precisava reverter uma desvantagem de dois gols para avançar na Copa do Brasil e fez sua parte, com a vantagem construída ainda no primeiro tempo nesta quarta-feira (26), no Maracanã, diante do Maringá. A equipe até tomou dois sustos que não esperava, mas goleou o rival por 8 a 2 e vai às oitavas de finais da competição.

No primeiro tempo, o Flamengo abriu 3 a 0 com tranquilidade, mas acabou sofrendo um gol. Nada que atrapalhasse os planos rubro-negro, que virou para o intervalo vencendo por 4 a 1. O sonho do Maringá de ir cada vez mais longe no torneio nacional, vai ficar para próxima temporada. Os gols do Fla foram anotados por Thiago Maia, Gabigol, Gerson, Everton Cebolinha e Pedro, quatro vezes. Fabrício Bruno, contra, e Bruno Lopes descontaram pro time paranaense.

Com o resultado, além da classificação, o Flamengo embolsa R$ 3,3 milhões de premiação. Agora, o time carioca volta a campo no domingo (30), às 16h (de Brasília), no Maracanã, para o clássico contra o Botafogo, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Maringá volta suas atenções para a Série D, quando faz sua estreia na competição diante do XV de Piracicaba, em Piracicaba, no próximo dia 5.

Maringá sente a pressão do Maracanã

Precisando reverter uma vantagem de três gols, o Flamengo iniciou o confronto com três atacantes e com intuito de sufocar o Maringá. Nitidamente assustado com o Maracanã, o Maringá não aguentou dois minutos de pressão. Logo no primeiro minuto, Cebolinha cobrou escanteio e Thiago Maia pegou a sobra para abrir o marcador. Com a vantagem aberta e um rival tenso, o Fla dominou com tranquilidade e aos poucos foi construindo o que precisava.

Antes dos 20 minutos, eliminou a vantagem dos paranaenses com Pedro, após novo escanteio de Cebolinha. Dez minutos depois, o Fla abriu larga diferença e encaminhou a vaga naquele momento. Gerson foi derrubado por Cesinha na área e Gabigol cobrou com perfeição ampliando o marcador e dando, em tese, uma certa tranquilidade.

Suspiro paranaense com gol contra

Quando o Flamengo se aproximava do quarto gol ainda na etapa inicial, um banho de água fria. Em lançamento para a área, a bola bateu em Fabrício Bruno e morreu no gol do goleiro Santos para festa dos quase 200 torcedores do Maringá. Só que a alegria durou pouco. Antes do intervalo ainda, a defesa paranense vacilopu e deixou Gerson sozinho para colocar a vantagem que o Rubro-Negro precisava novamente, antes do intervalo.

Flamengo leva novo susto

Com um time mais forte com amplo domínio, o Flamengo seguiu pressionando o Maringá no campo de ataque e foi empilhando chances. Os parananenses ficaram assistindo o Fla chegar ao quinto gol com Everton Cebolinha e abrir a goleada com facilidade.

Quando tudo parecia novamente decidido, Bruno Lopes acertou um chutasso e recolocou o Maringá no jogo. Aos gritos de “Eu Acredito”, a torcida do Maringá começou a provocar os flamenguistas, mas durou pouco. Dois minutos após o suspiro paranaense, o artilheiro Pedro só teve o trabalho de empurrar mais uma bola para o gol e marcar o sexto do rubro-negro.

E Pedro não parou por aí, o atacante ainda aproveitou mais duas chances que teve para marcar o sétimo e oitavo gol do Flamengo, levando o placar para um histórico 8 a 2.

Flamengo 8x2 Maringá

Flamengo

Santos; Wesley (Marinho), Fabrício Bruno, David Luiz e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Vidal), Gerson (Victor Hugo) e Everton Ribeiro (Léo Pereira); Everton Cebolinha (Matheus Gonçalves), Gabigol e Pedro. Técnico: Jorge Sampaoli.

Maringá

Dhiemison; Lucas Lopes, Wesley, Max Miller e Raphinha (Caíque Lemes); Erick Varão (Rodrigo Alves), Serginho e Cesinha (Matheus Blade); Gustavo Ramos (Luiz Tiago), Bruno Lopes e Iago. Técnico: Jorge Castilho.

Gols: Thiago Maia (2 min 1ºT), Pedro (18 min 1ºT, 21 min 2ºT, 39 min 2ºT e 42 min 2ºT), Gabigol (29 min 1ºT), Gerson (46 min 1ºT) e Everton Cebolinha (12 min 2ºT) para o Flamengo; Fabrício Bruno, contra (38 min 1ºT), Bruno Lopes (19 min 2ºT) para o Maringá

Cartões amarelos: Ayrton Lucas e Wesley (Flamengo); Raphinha e Bruno Lopes (Maringá)
Cartão Vermelho: Nenhum

Motivo: Jogo da volta da terceira fase da Copa do Brasil
Data e horário: 26 de abril de 2023 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro

Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Fabrini Bevilaqua Costa e Daniel Luis Marques
Arbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais