Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Técnico do Cruzeiro ‘comemora’ final da Copinha na casa do Corinthians

Fernando Seabra comentou sobre realização da final na NeoQuimica Arena, onde o time principal do Corinthians manda os jogos

CORINTHIANS CRUZEIRO FINAL COPINHA 2024.jpg

Corinthians e Cruzeiro decidem a Copinha 2024 nesta quinta-feira (25) na NeoQuimica Arena

Rodrigo Corsi/Ag. Paulistão

O técnico Fernando Seabra, da equipe Sub-20 do Cruzeiro, falou sobre o fato de a decisão da Copa São Paulo de Futebol Junior 2024 ser justamente na casa do rival no confronto. Nesta quinta-feira (25), os Crias da Toca enfrentam o Corinthians na grande final às 15h30 (de Brasília) na NeoQuimica Arena, em São Paulo.

Durante entrevista coletiva dos treinadores e capitães na tarde desta quarta-feira (24), Seabra “comemorou” a escolha do estádio, que foi feita pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Na avaliação do comandante celeste, a qualidade do gramado na casa do Timão é um fator decisivo para o bom andamento da final.

“Particularmente, eu vi isso com muito bons olhos. Eu acho que engrandece a competição. É um gramado muito bom, muito rápido. Vai permitir uma velocidade boa de jogo. As duas equipes são capazes de imprimir. Isso valoriza o nível técnico”, destacou Seabra.

Na sequência, o treinador também foi perguntado sobre a diferença das torcidas no estádio. Por jogar em casa, o Corinthians terá maior número de apoiadores nas arquibancadas, mas na avaliação de Fernando Seabra, esse cenário é parte da formação dos jogadores como profissionais.

“Estamos falando da Copinha em São Paulo. Em qualquer estádio, a torcida do Corinthians estaria em peso por ser local. Faz parte da experiência que os jogadores do Cruzeiro vão enfrentar amanhã. Eles estão em um time grande. Vão jogar muitas vezes com estádio e favor e também com estádio contra. A Copa São Paulo é um instrumento de formação”, completou.

Um fator determinante nesta decisão da Copinha é a ausência do estádio Pacaembu, que tradicionalmente recebe a final da competição todos os anos. O local está em obras, e conforme regulamento da competição, caso um dos clubes de São Paulo chegue à final, ele terá o direito de mandar o jogo no próprio estádio.

Leia Também

Vale lembrar, inclusive, que o Corinthians também disputou a semifinal na NeoQuimica Arena. Na ocasião, os comandados do técnico Danilo golearam o Novorizontino por 3 a 0, em duelo com mais de 34 mil torcedores presentes. O comandante, assim como o rival Seabra, valorizou o palco da decisão, mas também negou qualquer tipo de favoritismo pela escolha.

“Com certeza, jogar em casa é bom. Mas a gente sabe que o futebol se decide dentro de campo. Lógico que teremos nosso torcedor, mas isso não garante nada. Temos que continuar com os pés no chão, contra um grande adversário. Um grande estádio, lotado. Um palco que merece uma final de Copinha”, afirmou.

O Cruzeiro, por um lado, vai em busca do segundo título da Copinha, após conquista em 2007. O Corinthians, por sua vez, quer o 11º título, e venceu pela última vez em 2017.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais