Ouvindo...

Times

Venezuela vira sobre o Equador e vence na estreia da Copa América

O equatoriano Enner Valencia, do Inter, foi expulso ainda no primeiro tempo; jogo foi válido pelo Grupo B

No encontro entre as duas únicas seleções sul-americanas que nunca ganharam a Copa América, a Venezuela venceu o Equador por 2 a 1, de virada, neste sábado (22), na estreia de ambos na edição 2024 disputada nos Estados Unidos. O jogo foi realizado em Santa Clara, na região de San Francisco.

O atacante equatoriano Enner Valencia, do Inter, foi expulso aos 21 minutos do primeiro tempo. Ele acertou o pescoço de Herrera, da Venezuela, após tentar um chute no setor ofensivo. Inicialmente, o árbitro Wilmar Roldán deu o cartão amarelo, mas chamado pelo VAR decidiu pelo vermelho.

Mesmo com um a menos foi o Equador quem abriu o placar, aos 39 minutos. Kendry Páez, de 17 anos, levantou a bola na área, a defesa afastou mal e Sarmiento, de primeira, chutou para vencer o goleiro Romo.

No segundo tempo, entretanto, a vantagem numérica pesou e a Venezuela virou. Primeiro com gol de Cádiz, aos 18 minutos, após passe de Rondón. Dez minutos depois, Eduard Bello marcou após aproveitar rebote em cabeçada de Rondón.

A Venezuela conseguiu controlar o jogo com um a mais e manteve o placar. No Grupo B ainda estão México e Jamaica.

O Equador volta a campo contra os jamaicanos, na próxima quarta-feira (26), às 19h (de Brasília), enquanto os venezuelanos encaram os mexicanos às 22h (de Brasília), também na quarta.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais