Ouvindo...

Times

Atlético volta a levar quatro gols e é derrotado pelo ‘ex-lanterna’ Vitória

Desfalcado e sem inspiração, time de Milito levou oito gols nos últimos dois jogos do Campeonato Brasileiro

O Atlético viveu mais uma noite terrível nesta quinta-feira (20) no Campeonato Brasileiro. Após ser goleado por 4 a 0 pelo Palmeiras, na Arena MRV, o time comandado por Gabriel Milito voltou a sofrer quatro gols.

No Barradão, em Salvador, o Alvinegro foi ‘presa fácil’ e acabou superado pelo Vitória por 4 a 2. Eryc Castillo, Willian Oliveira (2) e Matheuzinho marcaram para os donos da casa, enquanto Scarpa e Palacios descontaram para o Galo.

Com o resultado, o Atlético caiu uma posição e fechou a rodada na 10ª colocação, com 13 pontos. Já os baianos, que iniciaram a rodada na lanterna do Brasileiro, deixaram a temida zona de rebaixamento e alcançaram o 15º lugar, com 9 pontos.

O Galo volta a campo no próximo domingo (23), quando recebe o Fortaleza, na Arena MRV. O duelo contra o Leão do Pici está marcado para 18h30 (de Brasília) e marcará a apresentação oficial do meia-atacante Bernard, principal reforço da equipe para a sequência da temporada.

Leia também

Baixa no Vitória

Antes de a bola rolar no Barradão, o técnico Thiago Carpini perdeu um de seus titulares. O zagueiro Camutanga sentiu um desconforto muscular no aquecimento e deu lugar ao volante Caio Vinícius, improvisado.

Retornos no Atlético

Sem Hulk e Paulinho, suspensos, Gabriel Milito promoveu os retornos de Rodrigo Battaglia e Everson ao time titular. A dupla não encarou o Palmeiras pelo mesmo motivo.

Primeiro tempo

Os primeiros 45 minutos (mais cinco de acréscimos) de bola rolando em Salvador foram bastante movimentados. Com a necessidade do triunfo, os mandantes e visitantes desperdiçaram boas oportunidades, mas também balançaram a rede.

Gol anulado

Aos seis minutos, o atacante Cadu fez um golaço, encobrindo o goleiro do Vitória. Ele recebeu passe de Scarpa e correu por abraço. Contudo, por estar em posição irregular, teve o tento anulado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique.

Gol do Vitória

Na volta do ponteiro, quem abriu o placar no Barradão foi o Leão. Num chute preciso, de fora da área, Matheusinho não deu chances a Everson, acertou a “gaveta” e tirou o zero do marcador.

Galo empata

Aos 13 minutos, o Atlético chegou ao empate na capital baiana. Após pênalti sofrido por Pedrinho, e marcado pelo juiz ao recorrer ao VAR, Gustavo Scarpa chutou forte e deixou tudo igual.

Lucas Arcanjo faz milagres

Aos 21 minutos, o Atlético quase marcou o segundo. Zaracho recebeu pela esquerda, arriscou o chute de fora da área, a bola desviou na zaga do Vitória e Lucas Arcanjo teve de fazer um milagre para evitar o gol alvinegro.

Aos 28, foi a vez de Alisson sair na cara do gol. O goleiro do Leão saiu muito bem do gol e salvou o próprio time novamente.

Mais um do Leão, com ex-Cruzeiro

Após algumas chances desperdiçadas pelos dois lados, o Vitória pulou à frente mais uma vez. Aos 43 minutos, Cáceres arrancou pelo lado direito, cruzou na área e Willian Oliveira, ex-jogador do Cruzeiro, chutou. A bola ainda resvalou na mão de Everson e foi parar no fundo da rede.

Quase o Galo faz

Na volta do intervalo, o Atlético foi em busca do gol de empate. Logo aos 4 minutos, o meia Igor Gomes arriscou chute de fora da área; a bola, por sua vez, foi caprichosamente em direção ao travessão e ganhou a linha de fundo.

Quem não faz...

Quem balançou a rede, mais uma vez, foram os donos da casa. Aos 20 minutos, após jogada iniciada também do lado direito, a bola atravessou a área e parou nos pés do artilheiro da noite: Willian Oliveira, novamente, marcou. Ele chutou e a pelota passou sob os braços de Everson.

Virou goleada

Aos 30, veio o quarto. Jean Mota avançou pela direita, tabelou, e encotrou Eryc Castillo sozinho na área. Ele só teve o trabalho de finalizar e marcar o quarto do Leão.

Palacios desconta

Aos 42, o Atlético diminuiu o vexame em Salvador. Aproveitando rebote, o colombiano Brahian Palacios chutou e fez seu primeiro gol pelo clube.

Vitória 4 x 2 Atlético

Vitória

Lucas Arcanjo; Raúl Cáceres (Pablo Baianinho), Caio Vinícius, Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Luan Santos (Fábio), Léo Naldi (Rodrigo Andrade), Willian Oliveira e Matheusinho (Jean Mota); Osvaldo e Alerrandro (Eryc Castillo). Técnico: Thiago Carpini

Atlético

Everson; Renzo Saravia, Bruno Fuchs, Rodrigo Battaglia e Rômulo (Alan Kardec); Matías Zaracho, Igor Gomes, Pedrinho (Robert Santos), Gustavo Scarpa, Alisson (Palacios) e Cadu (Isaac). Técnico: Gabriel Milito

Gols: Matheusinho, aos 7 minutos do primeiro tempo, e Willian Oliveira, aos 43, para o Vitória; Gustavo Scarpa, aos 13 minutos, para o Atlético. Willian Oliveira, aos 20 minutos do segundo tempo, e Eryc Castillo, aos 30, para o Vitória. Palacios, aos 42 minutos, para o Atlético.

Cartões amarelos: Caio Vinícius, Luan Vinícius (VIT); Rômulo, Igor Gomes (CAM)

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 20 de junho de 2024 (quinta-feira)
Local: Estádio Barradão, em Salvador
Horário: 18h30 (de Brasília)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Renan Aguiar da Costa
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais