Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Exclusivo: veja como ficará a composição do Atlético SAF após novo aporte de R$ 200 milhões

Além da aprovação da injeção milionária, o Conselho do Atlético debaterá mais dois temas na reunião do dia 26 de fevereiro

Coluna de João Vitor Xavier

Coluna de João Vitor Xavier

Itatiaia

Em 26 de fevereiro, a partir das 18h (de Brasília), o Conselho Deliberativo do Atlético se reunirá para deliberar sobre três pautas. Uma delas é relativa a um novo aporte de R$200 milhões na Sociedade Anônima do Futebol (SAF).

No ano passado, foram investidos R$ 600 milhões. Outros R$ 313 milhões de dívidas da associação foram assumidos pela Galo Holding, empresa que controla a SAF alvinegra.

A Itatiaia apurou qual é a composição atual do Atlético SAF, já bem diferente daquela apresentada em outubro de 2023, e como ficará o quadro societário após a aprovação, por parte do Conselho, dessa nova injeção de R$ 200 milhões.

O edital de convocação do Conselho Deliberativo destaca a proposta de aporte de R$ 200 milhões, integralmente feito pelo Galo Forte Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia. O fundo também é conhecido como Galo Rei FIP.

O Atlético (associação) continuará com 25% das ações.

Quadro societário atual do Atlético SAF

  • Atlético (associação) - 25%
  • Galo Holding - 75%

Composição atual da Galo Holding

  • Rubens Menin e Rafael Menin - 50,9%
  • Ricardo Guimarães - 7,7%
  • FIP Galo Forte (Galo Rei FIP) - 8,2%
  • FIGA - 0,5%
  • FIGA (a ser pago) - 7,7%

Abaixo, veja como ficará a composição do quadro societário do Atlético SAF após a aprovação do novo aporte por parte do Conselho Deliberativo.

O fundo de investimento FIP Galo Forte, conhecido também como Galo Rei FIP, saltará de 8,2% para 20,2% na composição da Galo Holding.

Já os demais participantes da Galo Holding terão seus percentuais reduzidos depois do aporte a ser aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Quadro societário do Atlético SAF (após aprovação pelo Conselho)

  • Atlético (associação) - 25%
  • Galo Holding - 75%

Composição da Galo Holding (após aprovação pelo Conselho)

  • Rubens Menin e Rafael Menin - 41,8% (redução de 9,1 ponto percentual em relação ao cenário anterior)
  • Ricardo Guimarães - 6,3% (redução de 1,4 ponto percentual em relação ao cenário anterior)
  • FIP Galo Forte (Galo Rei FIP) - 20,2% (aumento de 12 ponto percentual em relação ao cenário anterior)
  • FIGA - 0,4% (redução de 0,1 ponto percentual em relação ao cenário anterior)
  • FIGA (a ser pago) - 6,3% (redução de 1,4 ponto percentual em relação ao cenário anterior)

As outras pautas do Conselho Deliberativo do Atlético

Além da aprovação do aporte de R$ 200 milhões, o Conselho do Atlético debaterá mais dois temas na reunião do dia 26 de fevereiro.

Serão discutidas estratégias e propostas desenvolvidas pelo Galo para “exploração e ativação” da Arena MRV, inaugurada em julho de 2023.

Também será debatido o andamento das negociações referentes à Liga do Futebol Brasileiro (Libra), que vem tratando dos direitos de transmissão da Série A do Campeonato Brasileiro a partir de 2025.

Apresentador do programa Bastidores | Informações exclusivas e opiniões fortes sobre o Esporte
Leia mais