Ouvindo...

Times

Em jogo intenso, Sport marca no fim e arranca empate com o Juventude

No gramado encharcado do Alfredo Jaconi, Edinho marcou o gol de empate rubro-negro aos 48 minutos do segundo tempo; Leão ainda perdeu uma penalidade com Vagner Love

O gramado extremamente encharcado do estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, não impediu um jogo bastante intenso entre Juventude e Sport. Em duelo direto pelo acesso à elite nacional, as duas equipes ficaram num emocionante empate por 2 a 2, na noite desta segunda-feira (16), em jogo válido pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Juventude vencia até os 48 minutos do segundo tempo, quando Edinho deixou tudo igual. Alan Ruiz marcou o primeiro do Leão. O Papo marcou com dois gols oriundos de bolas paradas cobradas pelo experiente Nenê, com Danilo Boza e Gabriel Taliari. A equipe pernambucana ainda desperdiçou uma penalidade com Vagner Love, quando o jogo estava empatado por 1 a 1.

Como fica a classificação

Com o resultado, o Sport alcançou os 56 pontos, mantendo a vice-liderança da competição, mas agora mais longe do líder Vitória, que soma 61. O Juventude, com mesmos 55, caiu para a quarta posição, mantendo-se, entretanto, no G4, o grupo de acesso à Série A.

Próximos compromissos

O Sport volta a jogar na próxima sexta-feira (20), quando receberá a Chapecoense, na Ilha do Retiro. No dia seguinte, no sábado (21), o Juventude receberá o Londrina, novamente no Alfredo Jaconi.

Principais lances do jogo

Apesar do gramado bastante encharcado do Alfredo Jaconi, Juventude e Sport fizeram um primeiro tempo bastante competitivo e movimentado. Com a equipe da casa começando melhor, e o Leão terminando superior até o intervalo. O empate com gols fez justiça à etapa inicial.

O Papo abriu o placar aos 14 minutos. Com o campo muito molhado, a bola parada de Nenê fez a diferença. Cobrança na área e testada de Danilo Boza para abrir o placar. O Leão, que fazia um jogo até então inofensivo, assustou pela primeira vez aos 34. Vagner Love, cara a cara, tentou a cavadinha e Thiago Couto fez a defesa. No rebote, Alan Ruiz quase marca.

O meia argentino acertaria, entretanto, aos 40 minutos. A defesa do Juventude cortou mal e o Alan Ruiz pegou novamente de primeira, de fora da área, e acertou um golaço. A chance da virada rubro-negra viria logo a seguir. Num lance com intervenção do VAR, foi marcado toque de mão de Zé Marcos na área. Pênalti que Vagner Love foi para a cobrança, mas bateu fraquinho, parando novamente em Thiago Couto.

O segundo tempo começou como o primeiro, com o Juventude melhor. A equipe da casa perdeu duas boas oportunidades, nos minutos 1 e 11,com David e Jean Irmer, respectivamente, assustando o goleiro rubro-negro. Aos 16, o segundo gol da equipe gaúcha, repetindo a mesma arma. Nova falta lateral, Nenê mandou na área e Gabriel Taliari testou para fazer 2 a 1.

O Sport só deu o primeiro chute na etapa aos 24 minutos. Felipe soltou uma bomba de fora da área e Thiago pegou mais uma. Com muitas mudanças em ambas as equipes, o jogo se tornou ainda mais raça do que técnica. O Leão teria mais uma chance, aos 44, com Fabrício Daniel cabeceando no canto para mais uma boa defesa Thiago Couto.

O empante veio aos 48. Após lançamento na área, Fabrício Daniel desviou para Edinho, que entrou na área e tocou na saída de Thiago Couto, dando números finais ao jogo no Alfredo Jaconi. Edinho ainda marcaria mais um, aos 52, mas a arbitragem marcou falta no lance, para a reclamação rubro-negra.

Juventude 2 x 2 Sport

Juventude

Thiago Couto; Reginaldo, Danilo Boza, Zé Marcos e Alan Ruschel; Emerson Santos, Vini Paulista (Luis Mandaca), Jadson e Nenê (Ruan); David (Erick) e Gabriel Taliari. Técnico: Thiago Carpini.

Sport

Denis; Ewethon, Sabino, Alisson Cassiano e Felipinho; Fabinho (João Peglow), Felipe (Fábio Matheus) e Jorginho (Diego Souza); Edison Negueba (Edinho), Alan Ruiz e Vagner Love (Fabrício Daniel). Técnico: Enderson Moreira.

Gols

Danilo Boza (14min1T), Gabriel Taliari (16min2T), para o Juventude; Alan Ruiz (40min1T) e Edinho (48min2T), para o Sport.

Cartões amarelos

Reginaldo, Nenê, Alan Ruschel e Jean Irmer, para o Juventude; Alisson Cassiano, Fabinho, Jorginho, para o Sport.

Motivo: 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Data e horário: 16 de outubro de 2023 (segunda-feira), às 20h (de Brasília).
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (FIFA-DF).
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Lucas Costa Modesto (DF).
Árbitro de vídeo: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG).

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais