Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Renascer’ estreia na Globo: compare personagens da versão de 1993 e do remake

Novela de Benedito Ruy Barbosa é revisitada pelo neto, Bruno Luperi, após 30 anos da versão original

O remake de “Renascer”, novela da Globo que foi sucesso na década de 1990, estreia nesta segunda-feira (22). Trinta anos após a exibição da obra original de Benedito Ruy Barbosa, a trama foi revisitada pelo neto, Bruno Luperi, assim como “Pantanal”.

A novela segue acompanhando a história de José Inocêncio, um fazendeiro bem-sucedido como produtor de cacau, mas frustrado na vida pessoal desde a morte da esposa, Maria Santa. Originalmente de Antônio Fagundes, o personagem é vivido por Marcos Palmeira na nova versão.

Na fase inicial da novela, Zé Inocêncio é interpretado por Humberto Carrão. O protagonista conquista Maria Santa, a Santinha, vivida por Duda Santos. Juntos, eles têm quatro filhos: José Augusto, José Bento, José Venâncio e o caçula, João Pedro. Em uma fatalidade, Maria Santa morre ao dar à luz ao mais novo e José Inocêncio culpa o filho pela morte da amada.

Leia também

A segunda fase da novela que se passa nos dias atuais. José Inocêncio prosperou nos negócios com o cultivo do cacau no sistema de agrofloresta, mas se fechou para a vida. Os filhos, interpretados respectivamente por Renan Monteiro, Marcello Melo Jr., Rodrigo Simas e Juan Paiva, já estão crescidos.

Enquanto os três mais velhos foram estudar na capital e se formaram “doutores” às custas do pai, o caçula é o único que nunca saiu da fazenda e não tem formação profissional. O papel de João Pedro foi de Marcos Palmeira na versão original e, agora, é de Juan Paiva. Herdeiro do talento do pai com o cacau, ele continua sendo rejeitado por José Inocêncio.

Outro ponto de conflito entre pai e filho é a chegada de Mariana, originalmente interpretada por Adriana Esteves. Na nova versão, Theresa Fonseca é quem interpreta a jovem misteriosa por quem João Pedro e José Inocêncio se apaixonam.

‘Renascer’ é uma novela escrita por Bruno Luperi baseada na obra de Benedito Ruy Barbosa. A direção artística é de Gustavo Fernández, direção geral de Pedro Peregrino e direção de Alexandre Macedo, Walter Carvalho, Ricardo França e Mariana Betti. A produção é de Betina Paulon e Bruna Ferreira e a direção de gênero de José Luiz Villamarim.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais