Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vitória se impõe, vence o Guarani e fica muito perto do acesso à Série A

Jogando com um a mais desde os 26 minutos de jogo, Leão superou o Bugre por 2 a 0, neste domingo (15), no Barradão

Léo Gamalho marcou o primeiro gol do jogo neste domingo (15)

Léo Gamalho marcou o primeiro gol do jogo neste domingo

Victor Ferreira/Vitória

O Vitória segue a passos largos a sua caminhada para o retorno à elite nacional. Cada vez mais líder da Série B do Campeonato Brasileiro, o Leão, melhor mandante da competição, fez mais uma vez valer a força do Barradão e venceu o duelo direto pelo acesso contra o Guarani. Os gols do triunfo rubro-negro, na noite deste domingo (15), em jogo válido pela 32ª rodada do nacional, foram marcados por Léo Gamalho e Wagner Leonardo, um em cada etapa da partida.

Este foi o 10º jogo consecutivo do Vitória sem perder no seu estádio, o oitavo seguido sem sequer sofrer gols. O Leão já vencia o jogo, quando o Bugre teve expulso o volante Matheus Bueno, aos 26 minutos do primeiro tempo, facilitando a vida rubro-negra, que a seis jogos para o fim da competição fica muito perto de sacramentar o acesso, inclusive, por antecedência.

Como fica a classificação

Com o resultado, o Vitória chegou aos 61 pontos, firme na liderança da competição e muito próximo de garantir o retorno à Série A após seis anos. O Guarani, com 54 pontos, caiu para a quinta posição, saindo do G4 da Série B.

Próximos compromissos

O Vitória volta a jogar na próxima sexta-feira (20), quando visitará o Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís. No mesmo dia, o Guarani vai enfrentar o Mirassol, fora de casa.

Principais lances do jogo

O Vitória fez o que o técnico Léo Condé havia pedido antes do jogo: se impôs. Após um início equilibrado, o Leão pouco a pouco foi envolvendo o Guarani, com maior posse de bola e volume de jogo. Primeiro com Iury Castilho, aos 15. O Bugre respondeu no minuto seguinte, no contra-ataque que terminou com Bruninho soltando uma bomba para boa defesa de Lucas Arcanjo.

Superior no jogo, o Vitória abriu o placar aos 18 minutos. Chute cruzado de Matheusinho, Pegorari espalma. No rebote, Osvaldo encontra Léo Gamalho livre na pequena área: 1 a 0. O Guarani se viu em situação ainda pior aos 26. Matheus Bueno, que há pouco tinha recebido o primeiro amarelo por parar uma jogada de Matheusinho, reclamou de maneira contundente com a arbitragem, recebeu o segundo cartão e foi expulso.

Com a mais, o Vitória foi para cima, mas acabou também cedendo mais espaço. Aos 37, Léo Gamalho chutou forte e Pegorari pegou. O Bugre respondeu aos 41, cabeçada de Matheus Barbosa passando muito perto do empate.

No segundo tempo, o Vitória não tardou a voltar a marcar e encaminhar o triunfo. Aos 4, escanteio cobrado por Osvaldo e Wagner Leonardo testou no alto, indefensável para Pegorari. Dois minutos depois, Iury Castilho chegou a ampliar em chute cruzado, mas o lance foi invalidado por impedimento.

Aos 21, Dudu vacilou, Bruno Mendes tomou a bola e passou Gustavo França soltar o pé, no cantinho: grande defesa de Lucas Arcanjo. Aos 27, o Guarani assustou após falta com cruzamento na área. Camutanga afastou o perigo quase na risca do gol.

O Vitória voltou a assustar com Giovanni Augusto, com chute rasante, aos 32, rente à trave. Após o lance, o Leão passou a dosar as energias e a manter o resultado com segurança para comemorar mais um triunfo na Segundona.

Vitória 2 x 0 Guarani

Vitória

Lucas Arcanjo; Railan, Camutanga, Wagner Leonardo e Édson Lucas; Dudu (Gegê), Rodrigo Andrade (Léo Gomes) e Matheusinho (Giovanni Augusto); Osvaldo (Wellington Nem), Léo Gamalho (Zé Hugo) e Iury Castilho. Técnico: Léo Condé.

Guarani

Pegorari; Diogo Mateus, Wálber, Lucão e Mayk; Matheus Barbosa (Isaque), Matheus Bueno e Bruninho (Lucas Araújo); Bruno José (Pablo Thomaz), Derek (Wenderson) e João Victor (Gustavo França). Técnico: Umberto Louzer.

Gols

Léo Gamalho (18min1T), Wagner Leonardo (4min2T), para o Vitória.

Cartão vermelho

Matheus Bueno (26min1T), para o Guarani.

Cartões amarelos

Wagner Leonardo, Iury Castilho, para o Vitória; Bruninho, Matheus Bueno, para o Guarani.

Público: 29.093.
Renda: R$ 712.654,00.
Motivo: 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Data e horário: 15 de outubro de 2023 (domingo), às 18h (de Brasília).
Local: Barradão, em Salvador.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Auxiliares: Thiago Rosa de Oliveira e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ).
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais