Ouça a rádio

Compartilhe

Cruzeiro rompe marca de 60 mil sócios e busca arrecadação recorde 

Raposa atinge marca após vencer a Ponte Preta e ampliar liderança da série B; meta é chegar a 70 mil sócios até dezembro

Arrecadação do programa deve chegar a R$ 2,5 milhões; folha do futebol é de R$ 3 milhões

O Cruzeiro chegou aos 60 mil inscritos no Sócio 5 Estrelas, programa de fidelidade do clube. A marca foi atingida na manhã desta sexta-feira (17), um dia após o time celeste vencer a Ponte Preta por 2 a 0, no Mineirão, e ampliar sua condição de líder da Série B do Brasileiro (com 31 pontos).

O número de sócios-torcedores é expressivo, já que antes da conclusão da venda da Sociedade Anônima do Futebol o clube somava apenas 10 mil torcedores em sua plataforma de sócios. O efeito Ronaldo multiplicou por seis o número de torcedores que colaboram mensalmente com o Cruzeiro.

Agora, faltam dez mil inscritos para o clube estrelado chegar ao que membros da diretoria acreditam que possa ser a maior arrecadação do Brasil por meio do programa de sócios-torcedores atualmente.

“Uma opinião pessoal é de que se a gente chegar a 70 mil sócios até dezembro, a gente fica bem robusto no programa e acredito que com a maior arrecadação de sócios do Brasil", opinou Lenin Franco, diretor de Marketing e Négocios do clube, em entrevista recente à Itatiaia.

À Itatiaia, Lênin Franco revelou que o tíquete médio atual do Sócio 5 Estrelas é de R$ 44. Tomando por base esse dado, a matemática registra que o Cruzeiro tem arrecadação mensal na casa dos R$ 2,6 milhões com o seu programa de fidelidade.

E na projeção desejada pelo dirigente do Cruzeiro num cenário de 70 mil inscritos, o clube teria R$ 3 milhões mensais de arrecadação. O que representaria anualmente R$ 36 milhões.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido