Ouça a rádio

Compartilhe

Gerente é preso após vender produtos vencidos e carnes impróprias para consumo em supermercado de MG

À Itatiaia, a Polícia Civil explicou que o homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde segue a disposição da Justiça 

Supermercado foi autuado e gerente detido

O gerente de um supermercado, de 38 anos, foi preso suspeito de comercializar produtos vencidos e impróprios para consumo no bairro Domingos Mazeto, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, nessa quarta-feira (1º). Conforme boletim de ocorrência, o estabelecimento comercializava produtos sem rótulo e com informações ilegíveis, carnes impróprias para consumo e com validade vencida.

Durante a ação, a polícia apreendeu 1.230 kg de carnes e produtos diversos, que foram encaminhados para o aterro sanitário da cidade para descarte. A Vigilância Sanitária foi quem identificou as irregularidades. Em seguida, o supermercado foi autuado e o gerente detido.

De acordo com registro policial, o homem foi orientado sobre seus direitos e levado até a delegacia. A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil que explicou que o gerente “foi encaminhado ao sistema prisional e segue à disposição da Justiça”.

Conforme a instituição, ele foi autuado “por crime contra a relação de consumo previsto no art. 7, inciso IX da Lei 8137/90”.

O estabelecimento foi alvo de uma operação para fiscalizar supermercados e açougues realizada em conjunto com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Procon Municipal e Estadual, Vigilância Sanitária, Serviço de Inspeção Municipal (S.I.M) e Departamento de Posturas Municipais, da Secretaria de Defesa Social.

A Itatiaia aguarda posicionamento da Secretaria de Defesa Social.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido