Ouça a rádio

Compartilhe

Internet 5G estreia no Brasil: saiba como a nova tecnologia muda sua vida

O que é o 5G? O quanto ele é melhor que o 4G? Todas as operadoras já vão oferecer o serviço? A reportagem da Itatiaia conversou com especialista que detalha as mudanças 

A nova tecnologia está disponível a partir de hoje em Brasília

O 5G chegou ao Brasil nesta quarta-feira (6), inicialmente apenas em Brasília. Belo Horizonte deve receber o serviço até o fim de setembro, e o processo de expansão da nova tecnologia deve se estender até 2029, quando o 5G estará em pleno funcionamento no país.

O leilão das frequências do 5G foi concluído pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em novembro. Na ocasião, foram vendidas quatro faixas de frequência: 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz (a mais usada no mundo) e 26 GHz.

Um dos objetivos é comportar o crescente volume de informação trocado diariamente por bilhões de dispositivos em todo o mundo. De forma geral, a nova geração de internet móvel vai oferecer alta velocidade de conexão, transferências de dados a taxas mais altas, cobertura mais ampla e eficiente, e um número maior de usuários simultâneos.

A reportagem da Itatiaia ouviu o especialista em Tecnologia e Inovação Arthur Igreja para tirar as principais dúvidas.

1 - O que é o 5G?

R: O 5G é uma tecnologia que traz muito mais velocidade, latência menor, tipo diferente de conexão e um tipo diferente de antena. É uma nova geração, assim como nós tivemos um salto incrível com a chegada do 3G - que possibilitou aplicações móveis, consultas pelo GPS e preço dos produtos em lojas - com a atualização para o 4G - trazendo a possibilidade do consumo de vídeo -, o 5G chega para desbloquear uma série de possibilidades incríveis do ponto de vista tecnológico e de negócio.

2 - O quanto ele é melhor que o 4G ?

R: O 5G é, excepcionalmente, melhor do que o 4G. A velocidade média no Brasil, hoje, é 17 Mb/s por segundo e o 5G começa na casa do 1 Gb/s. Estamos falando de uma melhora de até de 50 para 1, podendo chegar a uma velocidade 100 vezes maior. Então, se você fizer uma rápida comparação do que seria um carro cem vezes mais rápido, você pode ter a dimensão do que é isso para fazer vídeo conferência, baixar arquivos e jogar.

3- Quando ele chegará em Minas?

R: Depende da cidade. Brasília é a primeira cidade do Brasil a de ter 5G e ele estende até 2029, dependendo do tamanho da cidade. O edital prevê uma instalação escalonada. Teremos diferença de município para município visto que é necessário fazer a instalação das antenas e regulamentação em nível municipal.

4 - É possível comparar da velocidade para download de um arquivo de 10 GB, por exemplo? Quanto demora em cada um?

R: Um arquivo de dez giga, levando em conta o 5G , pode ser baixado em um segundo. Estamos falando de mais de dois discos de DVD. Em 4G, hoje, nós baixamos em dez minutos.

5 - Todas as operadoras já vão oferecer o serviço nas capitais onde o 5G estiver disponível?

R: Em um primeiro momento, nem todas. Isso porque as operadoras também precisam de toda uma infraestrutura, elas precisam de link, elas precisam fazer uma série de adaptações. Mas, claro, que todas vão correr porque essa é a nova fronteira da tecnologia, elas certamente não querem ficar para trás.

6 - Quais celulares vão ter o recurso?

R: Aqueles celulares que contarem com antena 5G. Até muito pouco tempo atrás, eram só os celulares topo de linha. A gente estava falando de dois ou três modelos disponíveis no Brasil. Hoje são mais de 60 modelos. E, em um futuro não muito distante, todos os aparelhos.

7 - A internet no PC vai ter o recurso? Será para todos ou serão planos específicos?

R: A tendência é que esse recurso não esteja presente nos desktops, nos computadores de mesa porque não faz sentido, visto que é um computador que não tem deslocamento. Então, ele vai continuar conectado por cabo. Agora, caso a pessoa quiser concentrar o seu acesso e só em conectividade móvel, como hoje já tem algumas pessoas fazendo, ou seja, roteando a internet do smartphone, ainda assim o computador vai acessar através de Wi-Fi. Já notebooks e tablets terão, certamente, modelos que vão permitir o uso de 5G.

*Com informações de Roseli Andrion

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store