Ouça a rádio

Compartilhe

Aneel reajusta bandeira tarifária em até 64% nas contas de luz

Aumento foi autorizado em reunião da agência nesta terça-feira (21) e vale para todo o país a partir de 1º de julho

Bandeira tarifária será reajustada em todo o país a partir de julho

Depois de aprovar o reajuste nas contas de luz da Cemig, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), também deu aval para um aumento de quase 64% na bandeira tarifária - cobrança extra aplicada às contas de energia em decorrência do aumento do custo da energia em todo o país.

A bandeira tarifária ainda continua conforme as cores: verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2) e haverá reajuste em todas elas - exceto a verde, em que não há cobrança adicional.

De acordo com a decisão da Aneel, o maior reajuste será na bandeira tarifária vermelha (patamar 1): 63,7%. A bandeira tarifária amarela vai subir 59,5% e a vermelha (patamar 2), aumenta 3,2%

Os novos valores entram em vigor no dia 1º de julho em todo o país.

Reajuste da bandeira tarifária

  • Bandeira verde: sem cobrança adicional

  • Bandeira amarela: passa de R$ 1,874 para R$ 2,989 a cada 100 KWh

  • Bandeira vermelha (patamar 1): passa de R$ 3,971 para R$ 6,500 a cada 100 KWh

  • Bandeira vermelha (patamar 2): passa de R$ 9.492 para R$ 9,795 a cada 100 KWh

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido