Ouça a rádio

Compartilhe

Ações da Petrobras afundam 9% após anúncio de aumento e pressão política 

No início da tarde, papeis atingiram o menor valor desde novembro

Ações da Petrobras operam no menor nível dos últimos meses

As ações da Petrobras (PETR4) despencam na tarde desta sexta-feira (17) após pressões de políticos, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, contra a direção da companhia, que anunciou mais cedo reajuste do diesel e da gasolina em 14,25% e 5,18%, respectivamente.

O aumento histórico dos juros nos Estados Unidos, no começo da semana, contribui para a piora do cenário do mercado de ações brasileiro. Às 14h15, os papeis caíam 9,08% na B3, a bolsa de valores, cotados a 26,43 - o menor valor desde novembro de 2021.

Com o peso das ações da Petrobras na bolsa brasileira, o índice Ibovespa despencou 3,76%, atingindo 98 mil pontos - menor patamar desde outubro de 2020.

Outro reflexo pode ser visto na cotação do dólar: a moeda americana opera em alta de 2,36%, a R$ 5,13.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido