Ouvindo...

Times

Menino de Varginha (MG) com doença rara recebe medicamento de R$15 milhões após vaquinha

Metade do valor foi conquistado com uma série de campanhas de arrecadação; o governo completou o valor

Depois de sete meses de campanha de arrecadação de dinheiro e lutas judiciais, o menino Enrico, de Varginha (Sul de Minas), recebeu o medicamento para a cura da Distrofia Muscular de Duchene - uma doença que vai diminuindo a capacidade muscular do paciente.

No último fim de semana, 25 e 26 de maio, Enrico e os pais viajaram para São Paulo onde a medicação foi aplicada por meio injetável. A dose única do Elevidys custou R$15 milhões.

Metade do valor foi conquistado com uma série de campanhas de arrecadação que mobilizaram moradores da cidade e de várias partes do país, com a participação de artistas e influenciadores digitais. O governo federal completou o valor.

Leia também

Esta ação do Governo Federal abre precedentes para que outras crianças com a mesma doença recebam o medicamento no país. Ontem (27), Enrico já havia recebido alta do hospital onde foi feito o procedimento. Nas redes sociais, os pais comemoraram: “Obrigada meu Pai por nos permitir viver este milagre. Obrigada Mamãe do céu por cuidar de nós. Obrigada anjos do Enrico”, escreveu.

Os pais dele, Eric e Marina, usaram as redes sociais para divulgar toda a campanha, os processos judiciais e a aplicação do medicamento, sempre agradecendo as pessoas que ajudaram de qualquer forma, a quem eles chamavam de Anjos do Enrico.


Participe dos canais da Itatiaia:

Estela Torres é jornalista pela Universidade de Alfenas e pós graduada em Docência do Ensino Superior pelo Centro Universitário do Sul de Minas. Está na Itatiaia Sul de Minas desde a instalação da emissora em Varginha, em 2009, atuando como produtora, repórter e apresentadora .
Leia mais