Ouvindo...

Times

Transporte público de BH recebeu 426 novos ônibus em 2023

Sindicato das empresas responsáveis pelos coletivos espera chegar a 500 novos coletivos ainda neste ano

O sistema de ônibus de Belo Horizonte já recebeu 426 novos veículos em 2023. O número foi divulgado nesta sexta-feira (1°) pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH).

A expectativa dos concessionários do setor é que, até o fim deste mês, a quantidade de novos ônibus incorporados à frota chegue a 500. A compra dos coletivos é um dos termos da lei que estipulou a concessão de subsídio público como contrapartida à redução das passagens. O acordo firmado entre os empresários de ônibus e a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) estipulava a compra de 420 novos ônibus.

Os coletivos adquiridos já estão sendo distribuídos aos consórcios. Antes de começarem a rodar, os carros são vistoriados e recebem autorizações da BHTrans.

Segundo o Setra-BH, os veículos têm ar-condicionado, suspensão a ar e elevadores para proporcionar o embarque de pessoas com deficiência (PCDs).

Mais viagens no Barreiro

Também nesta sexta, a PBH anunciou a inclusão de 43 viagens no cronograma das linhas 208 (Estação Barreiro/Betânia, via Novo das Indústrias) e 3350 (Estação Barreiro/Estação Diamante, via Hospital Metropolitano). Os itinerários passarão a ser feitos, também, aos domingos e feriados.

Segundo a prefeitura, desde a sanção da lei que reduziu as passagens de ônibus a R$ 4,50 por meio do repasse, às empresas, de um subsídio que pode chegar a R$ 512,8 milhões, o sistema de transporte coletivo recebeu o incremento de 1.564 viagens.

O aumento é uma das contrapartidas da lei do subsídio. Para receber o aporte, as empresas precisam, por exemplo, cumprir com critérios ligados à qualidade das viagens.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais