Ouvindo...

Times

Onda de calor sem ar-condicionado? Saiba como aliviar o bolso e se refrescar, ao mesmo tempo

Buscas por métodos para se refrescar subiu com as altas temperaturas dos últimos dias

Quem não tem ar-condicionado, ou não se sente bem com o equipamento, luta de outras formas para aliviar o calorão nestes dias de termômetros nas alturas. Além do preço do aparelho ser mais caro que outras opções, há um custo de manutenção: o uso do ar-condicionado pode aumentar em mais de R$ 100 a fatura da conta de energia.

Quais são outras opções? Qual a diferença de ventilador, climatizador e umidificador?

A pneumologista Michelle Andreata destaca que a escolha depende de uma série de fatores, como a necessidade de cada pessoa, condição financeira e condições climáticas. “Cada um deles tem pontos positivos e desvantagens”, compara. Veja:

Ventilador

O ventilador é a opção mais econômica, já que consome menos energia em comparação com outras alternativas e promove a circulação de ar. No entanto, não reduz a temperatura do ambiente. Segundo a médica, o ventilador cria, apenas, uma corrente de ar. “Em condições extremamente quentes, pode não ser suficiente”, explica, por circular ar quente.

Climatizador

No caso do climatizador, é um aparelho que também utiliza menos energia que o ar-condicionado, adiciona umidade ao ar e pode resfriar o ambiente por meio da evaporação da água. Ele é mais eficaz que o ventilador pois consegue reduzir levemente a temperatura - mas não como o ar-condicionado.

Umidificador

Em ambientes secos, o umidificador é ideal e traz benefícios e conforto para o sistema respiratório, conforme a médica. Porém, não reduz a temperatura do ambiente, e em alguns casos, se o local já estiver úmido, pode criar um ambiente propício para a proliferação de fungos.

Ar-condicionado

Já o ‘queridinho’ ar-condicionado é altamente eficaz em resfriar o ambiente, proporcionando conforto térmico imediato e também reduz a umidade, o que pode ser benéfico em regiões úmidas. Ele consome mais energia e resseca o ar, causando desconforto respiratório, principalmente na onda de calor atual.

Além dos aparelhos

Existem várias outras formas de aliviar o calor além do uso de dispositivos. A pneumologista ressalta algumas formas:

  • Tomar banhos frios para ajudar a reduzir a temperatura corporal e proporcionar alívio imediato do calor;

  • Fazer uso de roupas leves e de cores claras;

  • Proteger a cabeça e os olhos do sol;

  • Evitar a prática de atividades físicas intensas durante os períodos mais quentes do dia;

  • Evitar a exposição direta ao sol;

  • Manter-se hidratado, ingerindo água, sucos naturais ou chás gelados;

  • Utilizar toalha úmida no rosto, pescoço e braços;

  • Consumir frutas, verduras e legumes;

  • Criar uma circulação de ar natural abrindo as janelas do ambiente onde se encontra;

  • Evitar bebidas que contenham cafeína ou álcool;

  • Mergulhar os pés em água fria.

Giullia Gurgel é estudante de jornalismo e estagiária da Itatiaia.
Leia mais