Ouvindo...

Times

Operação da PF mira esquema de fraudes contra o INSS que causou prejuízo de R$ 50 milhões

Policiais cumprem 16 mandados de prisão em São Paulo e Salvador

Uma operação foi deflagrada na manhã desta terça-feira (25) pela Polícia Federal (PF) para combater uma quadrilha que coordenava um esquema de fraudes contra instituições financeiras e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), envolvendo aposentados e pensionistas, que causou prejuízo de R$ 50 milhões aos cofres públicos.

Segundo a polícia, estão sendo cumpridos 16 mandados de prisão preventiva, ou seja, por tempo indeterminado, e outros 21 de buscas e apreensão nas cidades de São Paulo e Salvador (BA).

Além dos mandados, foram decretadas medidas judiciais de bloqueio de contas bancárias dos investigados.

Conforme a PF, as investigações revelaram a existência de centenas de contas abertas por meio de utilização de documentação falsa em nome de pensionistas e aposentados do INSS, de maneira que, após a abertura fraudulenta das contas, o grupo contratava diversos empréstimos consignados, causando prejuízo milionário aos cofres públicos.

Em pouco mais de um ano de trabalho investigativo, os policiais federais identificaram mais de 22 pessoas envolvidas.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram apreendidos diversos documentos e materiais utilizados pelo grupo para realização das fraudes, incluindo um roteiro com orientações de como proceder durante a aplicação dos golpes.

Os investigados poderão responder pelos crimes de falsificação, por integrar organização criminosa e estelionato qualificado.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais