Ouvindo...

Times

Dia D de vacinação: Ministério da Saúde troca gotinha contra a poliomielite por vacina injetável; entenda

Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo é melhorar ainda mais a cobertura contra a paralisia infantil; em BH o dia D contou com a presença dos mascotes do Atlético, América e Cruzeiro

O Dia D Vacinação contra a poliomielite, realizada neste sábado (8), tem o D também de despedida na aplicação tradicional que será substituída efetivamente pela aplicação injetável. O Ministério da Saúde explicou que o trâmite de calendário vacinal continuará o mesmo. A transição vai acontecer depois da campanha, já na dose de reforço.

O Diretor do Programa Nacional de Imunizações, Éder Gatti, explicou que o objetivo é melhorar ainda mais a cobertura contra a paralisia infantil.

” Essa vacina tem perfil de segurança melhor, é estável, é mais fácil operacionalizar o seu uso no seu dia a dia nos postos de saúde”, lembrou.

E o Zé Gotinha, personagem criado em 1986 justamente para chamar a população para vacinar as crianças contra a pólio, vai continuar sendo símbolo das campanhas de vacinação pelo Brasil. " O Zé Gotinha é um símbolo que passou pela minha geração, e hoje é símbolo dos meus filhos e vai continuar sendo no futuro. O Zé Gotinha continua pra promover o Programa Nacional de Imunização e o SUS como um todo”, completou Éder Gatti.

O Dia D da vacinação segue com imunização contra poliomielite até às 17h em 152 Centros de Saúde e no Parque Municipal. O público alvo é formado por criança de 0 a 4 anos, mas em meio a campanha, adultos podem aproveitar para se tomarem a vacina contra gripe.

Dia D em Belo Horizonte

Na capital mineira, a Prefeitura de Belo Horizonte promove neste sábado (8), o Dia D de Vacinação contra a doença. Os 152 centros de saúde da capital, o Parque Municipal Américo Renné Giannetti e o Serviço de Atenção à Saúde do Viajante estarão aplicando a vacina, das 8h às 17h.

O endereço completo dos locais e horários da vacinação podem ser verificados no portal da PBH. O esquema vacinal para menores de 1 ano prevê três doses injetáveis, aos 2, 4 e 6 meses. Já as crianças de 1 a 4 anos que estiverem com esse esquema vacinal completo deverão receber a dose oral da vacina. O objetivo é imunizar todo o público menor de 5 anos. Por isso, é fundamental que pais, mães ou responsáveis levem a caderneta das crianças.

A Prefeitura também montará postos extras em diversos pontos do município, para facilitar o acesso da população às doses da vacina.

Dia D com presenças especiais

O Dia D de Vacinação contra a Paralisia Infantil no Parque Municipal será ainda mais especial, já que a presença do Zé Gotinha e das mascotes da Guarda Municipal e dos times América, Atlético e Cruzeiro, estarão no local. Nesse sábado (8), também no Parque Municipal e postos extras, a Prefeitura irá ofertar a vacina contra a gripe para as pessoas acima de 6 meses e a vacina monovalente contra a Covid-19 para grupos prioritários, definidos pelo Ministério da Saúde.

Outras vacinas

A administração municipal também irá ofertar a imunizar contra a gripe para as pessoas acima de 6 meses e a vacina monovalente contra a Covid-19 para grupos prioritários, definidos pelo Ministério da Saúde. Já nos centros de saúde e serviço de atenção ao viajante todas as vacinas que integram o calendário nacional de vacinação estarão disponíveis e a população poderá atualizar a situação vacinal.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e na Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia e apresenta o ‘Tá Sabendo’ no Instagram da Itatiaia.
Fabiano Frade é jornalista na Itatiaia. Cobre as pautas de cidades e geral, com dedicação especial à Central de Trânsito. Antes da rádio de Minas, passou pela Rádio Band News FM e também pela BTN, onde cobriu o trânsito para várias rádios de BH e Brasília.
Leia mais