Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Barco encontrado à deriva no Pará tinha 20 corpos em decomposição, diz MPF

Embarcação foi avistada por pescadores em uma área conhecida como “Barra do Quatipuru”, no litoral paraense; MPF vai abrir duas investigações para acompanhar o caso

O Ministério Público Federal confirmou, na tarde deste sábado (13), que o barco encontrado à deriva no Pará tinha 20 corpos em decomposição. A embarcação foi avistada por pescadores em uma área conhecida como “Barra do Quatipuru”, próximo à praia de Ajuruteua, em Bragança, no litoral paraense.

O procurador-chefe do MPF no Pará, Felipe de Moura Palha, determinou a abertura de duas investigações: uma na área criminal e outra na área cível. A apuração será realizada pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, órgão do MPF para a defesa de direitos humanos.

Leia também

O órgão explica que a investigação criminal foca em eventuais crimes cometidos e na responsabilização penal de autores. Já a investigação cível concentra-se em questões de interesse público e na proteção de direitos que não necessariamente envolvem crimes.

Corpos em barco a deriva

O barco foi encontrado a deriva por pescadores na manhã deste sábado. A Polícia Federal informou que foi acionada para acompanhar o caso, mas ainda não divulgou informações sobre a ocorrência. O Corpo de Bombeiros e o Instituto Médico Legal (IML) também foram acionados.


Participe dos canais da Itatiaia:

Fernanda Rodrigues é repórter da Itatiaia. Graduada em Jornalismo e Relações Internacionais, cobre principalmente Brasil e Mundo.
Leia mais