Ouvindo...

Times

Governador de SP pede que prefeitos cancelem eventos por causa das chuvas

Segundo a Defesa Civil a previsão para os próximos dias é de chuvas com ventos de 60 à 80 km/h

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) pediu aos prefeitos de todas as cidades do Estado que cancelem eventos a céu aberto, marcados para este sábado (18), a partir das 16h, em razão da previsão de chuvas fortes que foram anunciadas pela Defesa Civil, na última quarta-feira (15).

Essa foi uma das medidas anunciadas, nesta sexta -feira (17), pelo governador de SP após a reunião com prefeitos, representantes da ENEL, Sabesp e Corpo de Bombeiros. Tarcísio de Freitas também anunciou que criou uma linha direta entre os prefeitos para troca de informações sobre as condições climáticas.

Já a Enel concessionária, que fornece energia para a capital e outros 26 municípios, disse que ampliou a equipe para atender demandas urgentes, mas segue alvo de críticas. Diretores das concessionárias de energia que operam no estado também participaram do evento no Palácio dos Bandeirantes.

Medo de novo apagão

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) pediu, na quinta-feira (16), para que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) cancele o contrato de concessão da Enel, empresa responsável pela distribuição de energia elétrica na capital paulista e em mais 23 municípios da região metropolitana.

Segundo o prefeito, cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estão sem energia elétrica, além disso, um conjunto habitacional não foi inaugurado por falta de energia.

“Eu pedi à ANEEL para que cancelasse o contrato com a ENEL. A gente já vinha discutindo com a ENEL uma série de questões. Temos cinco Unidades Básica de Saúde (UBS) que estão prontas aguardando a ENEL fazer a ligação de energia. Tenho um conjunto habitacional para inaugurar, na Vila Olímpia, que a gente não consegue inaugurar porque a ENEL já tem cinco meses que não vai fazer a ligação de energia”, afirmou.

Leia mais