Ouvindo...

Times

Senadores aprovam castração química voluntária para condenados reincidentes por crimes sexuais

Com a aceitação do condenado, pode ser concedido o livramento condicional ou a extinção da punibilidade

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou, nesta quarta-feira (22), o projeto de lei que autoriza a castração química voluntária para condenados reincidentes por crimes sexuais. Foram 17 votos favoráveis e três contrários à proposta.

Se virar lei, condenados mais de uma vez por crimes como estupros e pedofilia poderão se submeter, de forma voluntária, a tratamento químico hormonal e cirurgia para a contenção da libido e da atividade sexual. Com a aceitação do condenado, será concedido o livramento condicional ou a extinção da punibilidade.

O PL 3.127/2019 tramita em regime terminativo, ou seja, se nenhum senador, em até cinco dias, apresentar recurso para análise da proposta no plenário do Senado, o texto seguirá direto para a Câmara dos Deputados.

A proposta é de autoria do senador Styvenson Valentim (Podemos/RN).

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais