Ouvindo...

Times

Sport acerta venda de Pedro Lima ao Chelsea por valor histórico; confira

Joia do Leão da Ilha deve ser transferida na próxima janela europeia; tendência é que Blues empreste atleta ao Strasbourg

O Sport acertou, nesta quarta-feira (12), a venda do lateral-direito Pedro Lima ao Chelsea, da Inglaterra. A informação foi revelada inicialmente pelo jornalista Jorge Nicola e confirmada pela Itatiaia com fontes ligadas ao atleta.

Os Blues devem pagar cerca de 7,5 milhões de euros, o equivalente a R$ 43,82 milhões, pela aquisição. Ainda estão previstos outros R$ 17,5 milhões em bônus, caso Pedro cumpra metas estabelecidas.

É, de forma disparada, a maior venda da história de um clube do Nordeste. Ela supera a transação do lateral-esquerdo Johanner Chávez do Bahia para o Lens, da França, estipulada em R$ 25,7 milhões.

O contrato deve ser de quatro anos, com possibilidade de renovação por mais um. A janela de transferências na Inglaterra será aberta na próxima sexta-feira (14), mas a negociação só será concretizada em 1º de julho, quando Pedro Lima completará 18 anos.

Até lá, o jogador deve reforçar o Sport em quatro partidas pela Série B do Campeonato Brasileiro, contra Mirassol, Ceará, Novorizontino e Botafogo-SP. Neste momento, o clube pernambucano é o 6º colocado da competição, com 15 pontos.

A reportagem entrou em contato também com João Marcelo Barros, membro do Comitê Gestor do Leão da Ilha. Ele não confirmou a venda. No entanto, membros da diretoria rubro-negra devem viajar para Londres, capital da Inglaterra, nos próximos dias.

Empréstimo ao Strasbourg?

A ideia dos Blues, segundo Fabrizio Romano, é emprestar Pedro Lima ao Strasbourg, da França, que pertence ao mesmo grupo que controla o Chelsea. Isso porque o atleta ainda não atende aos pré-requisitos estabelecidos para jogadores de fora da Europa atuarem na Premier League.

Pedro Lima precisa se encaixar em uma métrica da FA (Federação Inglesa) chamada “work permit”, que contabiliza minutos em em ligas e copas nacionais, seleções e competições internacionais.

O sistema estabelece que atletas não europeus só poderão atuar na Inglaterra se atingirem 15 pontos, divididos da seguinte forma, sempre contando os 12 últimos meses:

  • Número de jogos pela seleção de seu país;
  • Número de minutos jogados em competições nacionais;
  • Número de minutos jogados em competições internacionais;
  • Última posição do time do jogador em sua liga nacional;
  • Até onde o time do jogador avançou em competições internacionais;
  • Em qual nível está a liga do time do jogador

A Série B do Campeonato Brasileiro, que Pedro Lima disputa pelo Sport, está no sexto e último nível. Dessa forma, Pedro Lima, que tem 29 jogos como profissional, sendo sete pela Segundona, ainda não está apto a atuar na Inglaterra.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais