Ouvindo...

Times

Jean Mota revela luta para se recuperar no Vitória: ‘Não me sinto 100%'

Jogador diz que falta de ritmo de jogo o atrapalhou em início de trajetória pelo Rubro-Negro baiano

O meia Jean Mota revelou, nesta terça-feira (25), que ainda está em processo de recuperação física no Vitória. O jogador teve poucas chances desde que chegou ao clube, mas apresentou evolução nos dois últimos jogos, marcando um gol e dando uma assistência.

“Nunca reclamei, sempre trabalhei, e ainda estou melhorando. Eu não me sinto 100% como quando eu cheguei nos Estados Unidos. O meu último jogo com 90 minutos foi em maio do ano passado. É difícil. O futebol brasileiro é muito intenso. Preciso continuar trabalhando. Sei que posso melhorar e entregar mais”, afirmou.

Quando estava no Inter Miami, dos Estados Unidos, no ano passado, Jean sofreu uma lesão no joelho que o deixou afastado dos gramados por cinco meses. Tanto é que, em 2023, fez apenas 15 partidas pela Major League Soccer (MLS) e não balançou as redes.

“Além de ter voltado ao Brasil, com uma nova cultura e um futebol diferente, eu venho de uma lesão grave. No Brasil, você precisa dar resposta rápida. Eu não estava 100% fisicamente. Cheguei um pouco abaixo e sabia que precisava melhorar”, ponderou.

“Eu me sinto bem. A cada dia, estou melhorando, e sei que o ritmo vai vir com os jogos. Eu tenho entrado um pouco mais. Mas tenho buscado fazer o meu máximo nos treinamentos para que eu esteja mais preparado. Entendemos que quem escala é o treinador. Estou aqui para ajudar”, completou.

Novo momento?

Apesar da derrota no último domingo (23), contra o RB Bragantino, o Vitória acredita estar vivendo um novo momento na Série A do Campeonato Brasileiro. Desde a chegada do técnico Thiago Carpini, o Leão conquistou suas primeiras vitórias na competição e marcou oito pontos.

Neste momento, o clube ocupa a 17ª posição da tabela de classificação, ainda dentro da zona de rebaixamento. A ideia é mudar isso na próxima quinta-feira (27), contra o Fluminense. O Rubro-Negro visita o Tricolor Carioca no Maracanã, às 19h (de Brasília), pela 12ª rodada da competição nacional.

“Precisamos pontuar. Sabemos que cada ponto é muito importante para o decorrer do campeonato. Na fase final, vai fazer muita diferença. Por ser um confronto direto, é claro que queremos sempre ganhar, mas temos que seguir pontuando. Eles estão abaixo da gente. Não podemos deixar que eles revivam. Independente da circunstância, nosso pior resultado tem que ser o empate”, destacou Jean Mota.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais