Ouvindo...

Times

Vitória x São Paulo: súmula registra invasão de campo de Wagner Leonardo; veja

Zagueiro rubro-negro concedeu entrevista no intervalo mesmo após ter sido expulso do jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão

O árbitro Ramon Abatti Abel (Fifa-SC), que apitou o confronto entre Vitória e São Paulo neste domingo (5), pela 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, registrou, em súmula, a invasão de campo de Wagner Leonardo após o fim do primeiro tempo. O Tricolor venceu o jogo, disputado no Barradão, em Salvador (BA), por 3 a 1.

O zagueiro do Leão, que havia sido expulso aos seis minutos de jogo por acertar o rosto do atacante tricolor Calleri com o braço, foi até a zona de entrevistas da TV Globo no intervalo para se posicionar contra a arbitragem.

“Após o término do primeiro tempo de jogo, informo que o jogador sr. Wagner Leonardo Calvelo de Souza, nº 4 da equipe do Esporte Clube Vitória, adentrou aos arredores do campo de jogo e foi em direção a zona de entrevista. Ressalto ainda que o mesmo já havia sido expulso aos 6 minutos do primeiro tempo”, escreveu o árbitro.

Apesar de ser contido pelos companheiros e pela assessoria de imprensa do Vitória, o jogador não hesitou em falar.

“Não estou aqui para criar polêmica. Estou aqui para mostrar minha insatisfação com o que tem acontecido com a arbitragem brasileira. Acaba nos prejudicando. Temos um trabalho lindo e longo pela frente, mas, por forças maiores, não conseguimos demonstrar isso dentro de campo. Não sabemos o que está acontecendo aqui no Brasil, afirmou, aos microfones da transmissão da partida.

O lance da expulsão

O lance acontece oriundo de um escanteio cobrado por Matheusinho, do Vitória, na área adversária. A zaga são-paulina consegue afastar e a bola sobra para Osvaldo. O atacante, então, ajeita para PK fazer novo cruzamento. Assim que a bola sai dos pés do lateral do Leão, é possível ver Calleri caindo no chão após contato com Wagner Leonardo, fora do lance.

Após consulta ao VAR, que apontou a necessidade de revisão (veja a análise completa do VAR), Ramon Abatti Abel optou por aplicar o cartão vermelho ao zagueiro do Vitória. A justificativa foi apontada na súmula:

“Expulsei aos 06 minutos do 1° tempo o atleta de n°4, o sr Wagner Leonardo Calvelo de Souza por desferir uma cotovelada no rosto de seu adversário, com uso de força excessiva, fora da disputa de bola”.
Ramon Abatti Abel, árbitro da partida entre Vitória e São Paulo

O árbitro ainda destacou que Wagner se recusou a sair de campo no momento da expulsão, e teve que ser retirado por companheiros de equipe.

Veja o relato completo da invasão:

“Após o término do primeiro tempo de jogo, informo que o jogador sr. Wagner Leonardo Calvelo de Souza, nº 4 da equipe do Esporte Clube Vitória, adentrou aos arredores do campo de jogo e foi em direção a zona de entrevista.

Ressalto ainda que o mesmo já havia sido expulso aos 6 minutos do primeiro tempo. Cabe salientar que a equipe de arbitragem encontrava-se no campo de jogo e não foi possível escutar o que o mesmo falou.

Após o término da partida e antes da finalização da súmula, tomei conhecimento através do site ge.globo.com de declarações em protesto contra arbitragem do Wagner Leonardo Calvelo de Souza, nº 4 da equipe do Esporte Clube Vitória. declarações essas dadas em uma entrevista na qual transcrevo as falas do mesmo:

‘Então, eu não tô aqui pra criar polêmica. Tô aqui pra dizer a minha chateação, a minha insatisfação com o que tem acontecido com a arbitragem brasileira, que acaba nos prejudicando. A gente tem um trabalho lindo e longo pela frente, só que, por forças maiores, a gente não consegue demonstrar dentro de campo porque a gente não sabe o que está acontecendo aqui no Brasil’”.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais