Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Rivaldo vê Brasil como favorito ao ouro olímpico em Paris: ‘Talento vem de berço’

Pentacampeão do mundo e medalhista de bronze, ex-meia comentou a campanha da Seleção no Pré-Olímpico

Pentacampeão do mundo pela Seleção Brasileira, em 2002, Rivaldo afirmou que o país é o grande favorito para conquistar o ouro olímpico em julho, em Paris. Segundo ele, a invencibilidade da equipe comandada por Ramon Menezes no Pré-Olímpico credencia o Brasil a subir no mais alto lugar do pódio.

Com três vitórias em três partidas, o Brasil já está classificado para a última rodada da primeira fase. A Seleção voltará a entrar em campo nesta quinta-feira (1º), às 20h (de Brasília), contra a Venezuela, em Caracas, pelo Grupo A. O quadrangular final definirá os classificados para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, e vai começar na segunda-feira (5).

De acordo com Rivaldo, o Brasil tem fortes concorrentes no Pré-Olímpico, mas vai se classificar para as Olimpíadas.

“Acredito que o Brasil vai conquistar a classificação para as Olimpíadas. O Pré-Olímpico possui seleções que estão evoluindo na América Latina. Tem a Argentina, que sempre produz times fortes, e a Celeste Olímpica, como é conhecido o Uruguai, que tem uma tradição de formar jogadores bons. O Equador tem se mostrado uma equipe em evolução. Assim como a Argentina é um destaque para estar nos jogos de Paris, vejo que o grupo brasileiro tem tudo para se classificar e estar presente em mais uma Olimpíada”, disse Rivaldo em entrevista à Betfair.

Boa safra de jogadores brasileiros

Medalhista de bronze pelo Brasil nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, Rivaldo ponderou que a boa safra de jogadores formados no país impulsiona o favoritismo nos Jogos Olímpicos.

“O Brasil, em qualquer competição de futebol que for, sempre será um dos favoritos. Produzimos jogadores com qualidades técnicas que muitos países gostariam de ter, mas aqui o talento vem de berço, está na nossa essência. O Brasil evoluiu muito no decorrer dos anos para disputar um torneio como as Olimpíadas. Antes, a Europa dominava o quadro de medalhas e a gente sentia muita dificuldade no torneio, mas, aos poucos, o Brasil entendeu como é o caminho para a conquista do ouro. Agora, está entre as potências olímpicas. Os jogadores dão muito valor para o ouro olímpico, nossos jogadores fazem questão de estar presentes nesse momento, pois sabem que é importante para o futuro deles dentro da Seleção”, encerrou.

Vale ressaltar que o Brasil tem sete medalhas olímpicas no futebol masculino, com duas de ouro, três pratas e dois bronzes. À frente da Seleção Brasileira, a Hungria soma três ouros, uma prata e um bronze, enquanto a Inglaterra tem três medalhas de ouro.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Leia mais