Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

São Paulo supera retranca do Tigre e avança em primeiro na Sul-Americana

O São Paulo bateu o Tigre por 2 a 0 nesta terça-feira (27), no último jogo da fase de grupos da Copa Sul-Americana; veja como foi.

O São Paulo bateu o Tigre por 2 a 0 nesta terça-feira (27), no último jogo da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Com um a mais desde os 20 minutos do primeiro tempo, o Tricolor conseguiu vencer a retranca argentina com o primeiro gol marcado pelo jovem Juan e o segundo por Wellington Rato.

A partida começou com domínio total do São Paulo, que tinha a bola e chegou a abrir o placar com Luciano, impedido. Não demorou muito para que o “clima de guerra” aparecesse, com entrada desleal de Leizza, expulso, em Pablo Maia, substituído.

Já no segundo tempo, a partida começou como no primeiro. Foram minutos iniciais de pressão tricolor, com gol anulado feito por Rodriguinho. O jogador a mais fazia a diferença no volume ofensivo, e a retranca do Tigre não foi suficiente para conter boa jogada de Rodriguinho e gol de Juan. No apagar das luzes, Wellington Rato marcou o segundo e fez a torcida gritar “olé" no Morumbi.

O resultado deixou o Tricolor com 16 pontos, no primeiro lugar e direto na próxima fase. Já o Tigre, com 10 pontos e a 2ª colocação, disputa playoffs com os eliminados da Libertadores.

Gol anulado e confusão!

O São Paulo iniciou a partida com domínio completo da posse de bola. Aos 20 minutos a estatística indicava 75% da bola com o Tricolor. Não precisou de muito para abrir o placar, com Luciano após bela bola esticada por Gabi Neves. O gol, no entanto, foi anulado por posição de impedimento.

Aos 23, o clima de guerra esperado na época do sorteio deu as caras - relembrando a “final que nunca acabou” entre as equipes na Sul-Americana de 2012. Leizza viu Pablo Maia esticar a bola no meio campo e entrou com carrinho violento na canela do jogador, que teve que ser substituído. Vermelho direto e “empurra-empurra” no meio.

Começo com tudo

O segundo tempo começou animado para o lado do Tricolor. Com Calleri em campo, e o time mais ofensivo, com um a mais, com apenas dois minutos, Caio Paulista fuzilou da entrada da área e carimbou a trave.

Aos sete minutos, o São Paulo marcou mais uma vez, nessa oportunidade com Rodriguinho após troca de passes pela lateral, mas viu o tento ser anulado. Antes de entrar, a bola desvia na mão de Calleri.

Uma hora vai

O São Paulo martelou até conseguir o resultado. Após finalizações seguidas, gol anulado, o Tricolor escapou pela direita com Rodriguinho, que cruzou com força para o meio da área e Juan colocou para dentro. 1 a 0 depois de certa insistência.

No apagar das luzes, após lances de perigo na defesa são-paulina, coube a Wellington Rato selar o placar por 2 a 0 com finalização de esquerda em sobra dentro da área.

Próximos compromissos

O São Paulo segue em São Paulo, de olho agora no Campeonato Brasileiro, para receber o Fluminense, no Morumbi. A partida está marcada para este sábado (1/7), às 21h (de Brasília).

A próxima semana do Tricolor já reserva desafio contra o Palmeiras, pela ida da Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira (5/7), às 19h30 (de Brasília).

São Paulo 2 x 0 Tigre-ARG

São Paulo

Rafael; Nathan, Arboleda, Alan Franco e Caio; Pablo Maia (Rodriguinho, 26min 1ºT), Méndez (W. Rato, 1min 2ºT), Gabriel Neves (Negrucci, 31min 2ºT) e Marcos Paulo (Juan, 23min 2ºT); Luciano e David (Calleri, 1min 2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

Tigre-ARG

Marinelli; Aguillera, Leizza, Luciatti, Montoya (Ortega, 8min 2ºT); Cardozo (Medina, 37min 2ºT), Zabala (Cabrera, 8min 2ºT), Molinas (Prediger, 29min 2ºT); Colídio (Armoa, 29min 2ºT), Retegui, Garay. Técnico: Diego Martinez

Gols: Juan (26min 2ºT); Wellington Rato (49min 2ºT), do São Paulo

Cartões amarelos: Retegui (15min 2ºT), do Tigre-ARG

Cartões vermelhos: Leizza (23min 1ºT), do Tigre-ARG

Motivo: 6ª rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana
Data e horário: 26 de junho de 2023, às 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo -SP
Árbitro: Guillermo Guerrero-ECU
Assistentes: Ricardo Baren-ECU e Dennys Guerrero-ECU
VAR: Roberto Sanchez-ECU
Público: 28.699
Renda: R$ 1. 143.738,00

Jornalista fascinado por futebol de base e análise de desempenho. Faz a cobertura de São Paulo e Palmeiras na Itatiaia após passagens por ESPN, Globoesporte.com e Band.
Leia mais