Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Como os jogadores do Cruzeiro reagiram à goleada do Atlético pelo Brasileiro

Na Arena MRV, estádio alvinegro em Belo Horizonte, Atlético venceu o Cruzeiro por 3 a 0

Jogadores do Cruzeiro falaram em “vergonha” e também repudiaram a atuação da equipe na goleada sofrida para o Atlético por 3 a 0 neste sábado (20), na Arena MRV, em Belo Horizonte, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Zagueiro reserva e que entrou no intervalo da partida, Zé Ivaldo disse que não faltou garra à equipe e que os gols em sequência atrapalharam. O meia argentino Matías Zaracho, aos 25 do primeiro tempo; o atacante Paulinho, com 35; e o lateral-esquerdo Guilherme Arana, aos 47, marcaram na goleada atleticana.

“Tomamos gol no começo, mas mesmo assim continuamos em cima, mas depois deixamos a guarda cair, tomamos o segundo, e no finalzinho tomamos o terceiro. O grupo lutou do começo ao fim, não faltou garra, agora é descansar e terça-feira tem um jogo muito importante”, disse Zé Ivaldo, após o clássico.

Já o meio-campista Ramiro disse que o sentimento é de vergonha por conta da goleada. O jogador foi titular e atuou por toda a partida.

“A gente tem que ver onde a gente estar errando. A gente não tem time, não tem trabalhado para perder da forma que foi, principalmente no primeiro tempo. De cabeça quente é difícil falar, só pedir desculpas pelo placar. A gente está envergonhado do que fez, então é fechar a boca agora e ter humildade para dar a volta por cima”, afirmou.

Já o lateral-esquerdo titular Marlon, que terminou o jogo como capitão após a substituição do volante Lucas Silva, disse que a atuação no clássico não refletiu a qualidade do time celeste.

“É muito difícil jogar contra uma equipe qualificada com uma diversidade de três gols. Quando as coisas não saem como a gente quer, tem que internalizar friamente, momento de olhar para si mesmo, reconhecer o que errou hoje, porque o Cruzeiro não é esse time que jogou hoje, mas é um time que luta sempre”, iniciou.

“Infelizmente, hoje é um dia que se a gente chutasse inúmeras bolas o gol não ia sair, mas a gente está com a cabeça tranquila porque estamos fazendo um bom trabalho e tenho certeza que a gente vai provar isso”, completou.

Brasileirão

Com o resultado, o Cruzeiro caiu da quinta posição para a nona, com 4 pontos. Já o Atlético subiu da 13ª para a quinta, com 5. A terceira rodada será concluída neste domingo (21), com um jogo a ser reagendado.

Próximos jogos

Os dois times voltarão a campo na terça-feira (23). Às 19h (de Brasília), o Cruzeiro visitará o Unión La Calera-CHI, no Estádio Municipal de Concepción, em Concepción, no Chile, pela terceira rodada do Grupo B da Copa Sul-Americana.

Já às 21h, o Atlético duelará com o Peñarol-URU na Arena MRV novamente, pela terceira rodada do Grupo G da Copa Libertadores.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais